domingo, 7 de junho de 2015

Cavacas ou bolos de gema


Há umas semanas atrás, e com algumas gemas de ovo no frigorífico a precisarem ser gastas, dei por mim a fazer uma pesquisa mais exaustiva na internet, em busca da receita perfeita.
De repente e depois de já ter umas quantas marcadas, encontrei no blogue Doce Sobre(a)mesa, algo que me fez relembrar as festas populares em Portugal: cavacas também conhecidas por bolos de gema.


Não pensei duas vezes e fui logo para a cozinha por mãos à obra. Da receita original, repus a quantidade de açúcar e acrescentei mais duas gemas.
Assim que ficaram prontas, o paladar e o cheiro destas pequenas delícias transportaram-me de imediato para as lembranças que tenho dessas festas.
A cobertura foi feita de improviso e de forma muito tosca, mas o essencial está lá.
Atrevam-se a experimentar e deliciem-se!


Ingredientes:


6 gemas de ovos
3 ovos inteiros
200 gr açúcar
raspa de 1/2 limão
1/4 colher (de café) de canela
175 gr de farinha de trigo sem fermento
farinha e manteiga q.b. para untar e polvilhar os tabuleiros


Cobertura glacé:

150 gr açúcar em pó
1 clara de ovo
1 colher (de sobremesa) de sumo de limão


Preparação: 


Ligue o forno a 180ºC;

Bata os ovos inteiros, as gemas e o açúcar, numa batedeira eléctrica durante 20 minutos, sem parar, até obter um creme muito fofo e esbranquiçado;
Adicione a raspa de limão, a canela e a farinha peneirada;
Envolva na massa sem bater, até ficar tudo bem ligado;
Unte e polvilhe com farinha um tabuleiro (forrei com papel vegetal)
Com uma colher de sopa (pode usar de sobremesa para fazer miniaturas), coloque porções de massa, tendo o cuidado de manter uma distância razoável entre elas;
Leve ao forno por 10 minutos exactos.

Depois de cozidos retiram-se rapidamente com uma espátula e deixam-se arrefecer sobre uma rede.




Glacé:

Misture o açúcar em pó com a clara de ovo e o sumo de limão, bata com a batedeira, até que a glacé fique quase segura na mesma.
A glacé, quando pronta, deve ficar branca, fofa e brilhante;
Passam-se os bolos com uma camada fina de glacé, e dá-se, com os dedos, formas circulares na superfície;
Deixam-se secar de um dia para o outro, e podem guardar-se numa caixa de lata durante vários dias (ou se estiver muito calor, deixa-los secar ao sol).


Bom apetite!

9 comentários:

  1. Olá Kinhas!!
    Esse docinho lembra muito minha infância, minha mãe fazia sempre!
    Beijos e ótimo Domingo pra ti! =)

    ResponderEliminar
  2. gosto tanto!
    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. gosto tanto de cavacas com um cafezinho é delicioso, ficaram com um aspeto muito bom.


    O Cantinho dos Gulosos

    ResponderEliminar
  4. Adoro estes bolinhos, fiquei com vontade de comer já um!

    ResponderEliminar
  5. Gostei desse aspecto bem caseiro, que bonitos!

    ResponderEliminar
  6. Que lindas ficaram, adoro cavacas e também o teu pratinho também é lindo com florzinhas, amoroso!
    Bjs
    Ana
    http://www.receitasfaceisrapidasesaborosas.pt/

    ResponderEliminar
  7. Nem de propósito, andava a pensar em fazer, porque sou viciada. Costumo comprar umas aqui numa pastelaria perto e a-do-ro. Obrigada pela partilha!

    ResponderEliminar
  8. Existem muitos bolinhos destes na terra dos meus pais e, este teu post fez me viajar à infância onde a minha mãe os comprava e comíamos imensos desses e suspiros.
    Amei a receita!

    ResponderEliminar

Todas as críticas são essenciais para a melhoria deste espaço.
Se é do seu agrado, deixe um comentário.
Obrigada e volte sempre
Kinhas