quarta-feira, 8 de abril de 2015

Monkey Bread Bundt Cake


Passaram quase dois meses, desde a última publicação. O tempo não chega para tudo e a minha princesa cada vez mais exige mais de mim. Com a minha vida profissional e pessoal num verdadeiro stress, o blogue ficou relegado para segundo plano, mas não esquecido ou abandonado.
Já tinha visto há muito tempo, o tipo de bolo que hoje trago, mas nunca tinha tido coragem de por a mão na massa e aventurar-me.
Na segunda feira de Páscoa, como aqui é feriado, decidi testar-me e experimentar.
A primeira tentativa correu mal, ainda devia estar a dormir de pé e troquei o tipo de fermento que deveria usar.
Não desisti, voltei a tentar e fui bem sucedida! O resultado convenceu-me e o mais que tudo, provador oficial cá de casa, já pediu repetição para quando houver tempo!
É uma receita trabalhosa pois precisa de tempo para levedar (duas vezes) e para se moldar as bolinhas mas no final o resultado compensa.
Deste modo, participo na Bundtmania que já vai na 18ª edição e que este mês tem como anfitriã a doce Lia do Lemon and Vanilla.


Ingredientes:

Massa:

2 colheres de sopa de manteiga derretida + manteiga para untar a forma
1 cup de leite morno (110 graus)
1/3 cup de água morna (110 graus)
1/4 cup de açúcar
2+1/4 colheres de chá de fermento seco (tipo fermento de padeiro)
3+1/4 cup de farinha + farinha para trabalhar a massa
2 colheres de chá de sal


Cobertura de açúcar amarelo:

2 cup de açúcar amarelo
2 colheres de chá de canela em pó
125 gr a 150gr de manteiga derretida

Glace:

1 cup de açúcar em pó
2 colheres de sopa de leite


Preparação:

Unte muito bem uma forma de Bundt (grande com chaminé) e reserve.
Numa taça, misture o leite, a água, a manteiga derretida, o açúcar e o fermento.
Noutra taça, que dê para colocar a batedeira, misture a farinha com o sal. Com a batedeira no mínimo, vá juntando a mistura do leite a pouco e pouco. Quando a massa começar a ficar junta, aumente a velocidade, até que esta fique brilhante e homogénea (cerca de 6 a 7 minutos). Se estiver um pouco liquida, adicione 2 colheres de sopa de farinha, uma de cada vez) e misture até ficar bem envolvida (a massa deve ficar algo pegajosa). Coloque a levedar em sitio onde não passem correntes de ar, cerca de 1-2 horas).


Enquanto a massa leveda, prepare a cobertura de açúcar amarelo.
Numa taça misture o açúcar com a canela. Noutra taça coloque a manteiga derretida. Reserve.

Numa superfície polvilhada, coloque a massa leveda e forme um quadrado (eu formei dois rolos, por opção própria). Corte em cerca de 60 -64 pedaços.
Forme bolinhas com a palma da mão, uma a uma, passe-as primeiro pela manteiga derretida, escorra o excesso e de seguida passe-as pela mistura do açúcar.
Coloque-as na forma untada, empilhando-as.
Tape a forma com película aderente, e volte a deixar levedar até a massa ficar leveda (cerca de 1-2 horas).
Aqueça o forno a 180º, remova a película aderente e coloque a forma dentro do forno e deixe cozer cerca de 30-35 minutos (até ficar bem dourado).
Retire do forno, deixe arrefecer só 5 minutos (não mais do que isso) e desenforme num prato. Deixe arrefecer 10 minutos antes de cobrir com a glace.

Para preparar a cobertura final, basta misturar bem o açúcar em pó com o leite e com a ajuda do batedor de varas, ir espalhando sobre o bolo.
Sirva o bolo morno.

Nota: se tiverem MFP (máquina de fazer pão), podem preparar esta massa usando o programa Amassar e Levedar para fazer a primeira levedação, facilitando assim um pouco o trabalho.

Bom apetite!


Adaptado de: Mel's Kitchen Cafe

7 comentários:

  1. Olá Catarina! Te entendo perfeitamente...é muito difícil conciliar tudo com uma princesinha! Mas que bom q vc nos trouxe está deliciosa reçeita, parece boa demais!
    Bjs
    Mel

    ResponderEliminar
  2. Adoro tanto em versão doce como salgada
    O teu ficou lindo
    bjs

    ResponderEliminar
  3. Tem um aspeto maravilhoso! Nunca fiz mas adorei!

    ResponderEliminar
  4. Bem vinda, Catarina! ;)
    Percebo bem esses tempos em que não chegamos para tudo, e nem sempre conseguimos fazer tudo o que gostaríamos.
    Nunca fiz monkey bread, mas confesso que ando com vontade! este teu ficou com aspecto maravilhoso! ;)
    Bjs e bom fim de semana!

    ResponderEliminar
  5. Querida Kinhas,
    Vi e li este post no dia, mas como estava no ipad e era impossível comentar, aqui estou hoje a parabenizar-te pelo teu estrondoso sucesso, pois apresentas-nos um monkey perfeito, perfeitíssimo e de dar água na boca!!!
    Ainda bem que não desististe e te deixaste vencer pelo fracasso da primeira tentativa, ou não estaria aqui eu agora, literalmente a salivar e com vontade de espetar o dente numa dessas bolinhas maravilhosas.
    Obrigada por teres tempo para nós minha querida e quero fotos recentes da princesa ouviste???
    Beijinhos,
    Lia.

    ResponderEliminar

Todas as críticas são essenciais para a melhoria deste espaço.
Se é do seu agrado, deixe um comentário.
Obrigada e volte sempre
Kinhas