sábado, 14 de fevereiro de 2015

50 Sombras de... Red Velvet


No dia de hoje e do ano em que estamos, é quase impossível, não se ter ouvido falar do filme que estreou agora no cinema. Uma adaptação para filme da trilogia dos livros, que por curiosidade li e gostei. O filme, se a disponibilidade permitir, irei vê-lo ao cinema, senão, espero que saia em dvd.


Mas hoje, é mais um dia que se celebra o amor de uma forma mais comercial pois é o dia dos Namorados, ou mais exactamente de São Valentim, o santo padroeiro do amor e dos enamorados.
Decidi que queria dar algo ao meu mais que tudo neste dia, apenas para lembrar a data, mas sem recorrer a nada do que se vende nas lojas.


Então, fez-se luz e juntando o útil ao agradável, saiu o bolo Red Velvet, uma receita quase obrigatória em todos os blogues e que aqui pecava por estar em falta.
Celebremos todos o amor, saboreando uma fatia deste bolo divino!


Ingredientes:

Para o bolo:

125 gr de manteiga sem sal à temperatura ambiente
200 gr de açúcar
3 ovos
30 gr de cacau
4 colheres de chá de corante vermelho
2 colheres de chá de essência de baunilha
300 gr de farinha
240 ml de buttermilk (obtém buttermilk se misturarem 240 ml de leite à temperatura ambiente com 1 colher de sopa de vinagre e deixarem repousar 10-15 minutos antes de utilizar)
1 colher de sopa de vinagre
1/2 colher de chá de fermento em pó
1/2 colher de chá de bicarbonato de sódio


Para o recheio e cobertura:

1 embalagem de queijo Philadelphia (200gr)
1 embalagem de créme fraiche (200gr)
125 ml de natas
1 pacote de açúcar baunilhado
3 colheres de sopa de açúcar em pó


Preparação do bolo:

Pré-aqueça o forno a 180º. Unte e polvilhe uma forma grande ou se preferir duas iguais (o tempo de cozedura será reduzido a metade).
Com a ajuda da batedeira, bata a manteiga com o açúcar até obter um creme fofo e esbranquiçado. Parta os ovos e adicione-os um a um batendo entre cada adição.
À parte, misture o cacau com a baunilha, o vinagre e o corante até formar uma pasta. Aos poucos, vá juntando aos ovos-manteiga-açúcar e continue a bater, tendo o cuidado de ver que se comece a formar uma mistura uniforme.
Peneire a farinha já misturada com o fermento e o bicarbonato e alternadamente com o buttermilk vá adicionando ao preparado, batendo a uma velocidade baixa até que fique tudo uniforme.
Leve a cozer cerca de 1 hora (se forem duas formas serão cerca de 30 minutos).
Deixe arrefecer um pouco e desenforme.


Preparação do recheio e cobertura:

Bata o queijo Philadelphia e as natas com o açúcar em pó e o açúcar baunilhado, até "prender". De seguida e com a batedeira no mínimo, junte o creme fraiche e envolva bem.
Corte o bolo em duas partes, recheie e cubra. Decore a gosto.


Bom apetite!

Adaptado de: Como criar um negócio de bolos decorados - Sónia Azoia

Receita elaborada na forma Coração de A Metalúrgica Bakeware Production S.A.

9 comentários:

  1. Olá Catarina,

    espero que esteja tudo bem convosco :)
    Confesso que já me desinteressei pelo filme de tanto ler e ouvir falar, mas gostei sim do livro, talvez o veja em dvd.
    Bolo lindo e num formato amoroso, e adoro a cor e a cobertura gulosa, perfeito para este dia.

    beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Querida Kinhas,
    As 50 sombras de Gray que passaram a rede eu amo red velvet.
    Sim, não podias comemorar o dia de S. valentim de melhor forma que com este veludo vermelho e em forma de coração. Lindo!!
    Um grande beijinho para as minhas princesas dos Pirinéus,
    Lia.

    ResponderEliminar
  3. Red e não rede...
    Estes dicionários inteligentes matam-me, lol!!
    Beijocas,
    Lia

    ResponderEliminar
  4. este bolo esta maravilhoso minha amiga bjokas doces

    ResponderEliminar
  5. bem o titulo esta sugestivo, bolo esta muito bonito mesmo e por dentro parece bem saboroso.


    www.ocantinhodosgulosos.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  6. Hummm que aspecto delicioso ficou esse bolo.

    Beijinhos,
    Clarinha

    receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/2015/02/polenta-cremosa-com-molho-de-cogumelos.html

    ResponderEliminar

Todas as críticas são essenciais para a melhoria deste espaço.
Se é do seu agrado, deixe um comentário.
Obrigada e volte sempre
Kinhas