segunda-feira, 31 de março de 2014

Bundtcake de compota de arandos e creme fraîche


Um passarinho contou-me que hoje uma linda blogger faz anos e como eu gosto tanto dela nunca me passaria pela cabeça esquecer-me do seu aniversário. Falo-vos da doce Lia do Lemon&Vanilla.
E nada melhor do que a presentear com um bolo. Mas não podia ser um bolo qualquer! Tinha de ser algo que a ajudasse a caracterizar.


Por isso decidi-me por um bundt que sei que esta menina tanto gosta e juntei o útil ao agradável e com ele participo na edição mensal do Bundtmania que este mês está alojado no cantinho da minha schätzli Mena.
Minha querida Lia, espero que gostes (e tu também D. Mena!) deste miminho e a ele junto os meus votos de sinceros parabéns por mais uma Primavera!
Agora a receita!


Ingredientes:

Massa:

115 gr de manteiga à temperatura ambiente
240 gr de farinha
1 colher de chá de bicarbonato de sódio
1 colher de chá de fermento em pó
1/2 colher de chá de sal
200 gr de açúcar
2 ovos
1 colher de chá de extracto de baunilha
240 ml de creme fraîche
1 frasco de compota de arandos com Cointreau, do qual deve reservar uma colher de sopa (cheia) para a glace
45 gr de amêndoa palitada torrada


Glace:

93 gr de açúcar em pó
1/2 colher de chá de extracto de amêndoa
1 colher bem cheia de compota de arandos com Cointreau
2 colheres de sopa de água


Preparação:

Aqueça o forno a 180º e unte e polvilhe a forma de bundt e reserve.
Numa taça,coloque a farinha peneirada, o bicarbonato de sódio, o fermento e o sal e misture.
Noutra taça, bata a manteiga com o açúcar a velocidade média até obter um creme fofo. Adicione os ovos, um  um, batendo bem entre cada adição. Adicione a baunilha.
Com a batedeira na velocidade baixa, adicione a mistura de farinha, alternando com o creme fraîche até que fique tudo bem, misturado.
Coloque metade da mistura na forma, e com a ajuda de um palito coloque metade do conteúdo do frasco de compota, fazendo movimentos ligeiramente ondulantes para se misturar com a massa. Coloque a restante massa por cima. Repita o processo com a restante compota. Coloque por fim a amêndoa por cima e leve ao forno por cerca de 50-55 minutos. Faça o teste do palito.
Quando estiver pronto, retire do forno, aguarde 10 minutos e só então desenforme.
Envolva em película aderente e deixe arrefecer por uma noite.
No dia seguinte cubra com a glace (cujos ingredientes deve misturar muito bem até obter um mistura cremosa). Distribua por cima do bolo e sirva.

Bom apetite!




Adaptado de: Cake Simple by Christie Matheson

Receita elaborada com o apoio de: A Metalúrgica Bakeware Production

sábado, 22 de março de 2014

Piccata di vitelo alla milanese


O meu italiano é tão básico e rudimentar que não consigo encontrar tradução possível para o nome deste prato.
O que vos posso dizer é que já há muito tempo que andava para fazer este petisco mas nem sempre a memória lembra e o factor dia-a-dia também tem ditado outras ementas.


Já tinha visto a minha chefe fazer algumas vezes para os filhos, mas nunca tinha conseguido atinar como é que ela temperava o polme de fritar e claro, qual a peça de vitela que se tinha de usar.
Quando fiz 5 anos de namoro, o H. pediu exactamente este prato e eu que agora deixei de ter vergonha :-) perguntei à dona do restaurante se me podia dar a receita. Riu-se e disse que era dos pratos mais simples que a cozinha italiana podia ter. Então anotei mentalmente os ingredientes (quando cheguei a casa escrevi-os num papelinho) e assim que pude pus mãos à obra.
Fiz a olho (como quase todas as receitas que faço), mas vou deixar-vos as quantidades para 4 pessoas do site onde me baseei para as calcular.


Este prato originalmente serve-se com molho de tomate ou com tagliatelle al dente e legumes salteados, eu optei pela versão que serviram no restaurante: com batatas fritas,  salada tomate/mozzarella e rodelas de limão.


Ingredientes:

12 bifinhos de vitela (da parte mais tenra e nobre do animal) com cerca de 50gr cada um
4 ovos
160 g de queijo parmesão ralado
4 colheres de sopa de farinha
3 colheres de sopa de manteiga (usei azeite)
sal e pimenta q.b.


Preparação:

Tempere os bifinhos com sal. Se necessário, caso a carne não seja tenra, bata-os com o martelo da carne, colocando os bifes entre duas folhas de papel vegetal.
Aqueça a manteiga (ou o azeite) e frite a carne que passou previamente primeiro por farinha e depois pelo ovo batido com o queijo e temperado com sal e pimenta.
Deixe fritar até dourar. Escorra e sirva com os acompanhamentos referidos acima.


Bom apetite!

sábado, 15 de março de 2014

Cevadinha com atum e cogumelos


Nas minhas férias de Verão, tive o prazer de conhecer a Claúdia, dona do blogue Delícias cá de Casa. Uma simpatia de pessoa com umas mãos formidáveis para a cozinha.
No nosso encontro, teve a amabilidade de me oferecer alguns miminhos, entre os quais um saco com cevadinha.


Na minha ignorância, não sabia como havia de cozinhar este cereal e por isso esperei até agora para dar largas à imaginação.
Vi várias receitas na Internet, e decidi criar a minha própria versão.
A meu ver ficou um prato muito saboroso e completo e sem dúvida a repetir. Fica a receita...


Ingredientes (2 pessoas)

100 gr de cevadinha
1 dl de vinho branco
4 dl de caldo de legumes
1 cebola pequena
25 gr de manteiga
sal e pimenta branca q.b.
2 colheres de sopa de polpa de tomate
1 lata de atum pequena (80 gr)
1 lata pequena de cogumelos partidos em metades
queijo ralado para polvilhar



Preparação:

Lave a cevadinha e deixa-a de molho durante algumas horas (pelo menos 2 horas no mínimo).
Pique a cebola e refogue-a na manteiga. Deixe amaciar a cebola e junte a cevadinha bem escorrida.
Regue com o vinho e tempere com o sal e a pimenta. Junte também a polpa de tomate,o atum bem desfeito com um garfo e os cogumelos. Reduza o lume para o mínimo e vá juntando o caldo de legumes enquanto cozinha, mexendo entre cada adição.
Deixe cozinhar até a cevadinha estar no ponto (cozida mas não desfeita, cerca de 20-30 minutos) e no momento de servir polvilhe com o queijo ralado.


Bom apetite!

domingo, 9 de março de 2014

Tarte de fruta fresca


Antes de mais quero agradecer todo o carinho que me tem dado tanto por aqui como pela página do Facebook. Posso dizer-vos que por altura da Páscoa poderei deixar cair o pano e desvendar todos os porquês tanto da redução de publicações no blogue como não visitar os blogues amigos. A quem tem página de FB vou seguindo por lá, quem não tem admito que visito, mas agora sou espectadora silenciosa e não comentadora.


A tarte que hoje vos trago, já a tinha feito uma vez mas tinha ficado com tão mau aspecto (e apesar de estar óptima), não quis tirar fotos e publicar.
Preferi deixar passar o tempo e quando voltasse a fazê-la, aí sim esmerar-me e publicar algo apelativo aos olhos e á barriga.


É sem dúvida uma sobremesa simples, perfeita tanto para a Primavera (que aqui acho que já chegou), como para o Verão.
Fica a receita para que se possam deliciar.


Ingredientes:

1 rolo de massa para tartes estendida de compra (pode ser massa quebrada)
1 saqueta de preparado para creme de pasteleiro (encontram no E.Leclerc)
Morangos q.b.
Pêssego em calda (escorrido) q.b.
2 colheres de sopa de geleia de morango para decoração de doces (também pode ser geleia de marmelo)


Preparação:

Estenda a massa de tarte numa tarteira, pique-a e cubra o fundo com papel de aluminio. Por cima disponha feijões e leve ao  forno seguindo as instruções da embalagem até estar cozida.
Depois de pronta, remova os feijões e o papel de alumínio e deixe arrefecer na totalidade.
Entretanto bata o creme de pasteleiro como indicado na embalagem e disponha sobre a massa cozida.
Lave e arranje os morangos, cortando-os em fatias. Corte também os pêssegos já escorridos.
Disponha a fruta por cima do creme e pincele com a geleia para dar um ar brilhante.
Leve ao frio até servir.


Bom apetite!

Esta receita teve o apoio de: A Metalúrgica Bakeware Production, S.A.

sábado, 1 de março de 2014

Pizza di Mare


Com a cozinha a meio gás devido ao pouco tempo que me sobra, torna-se complicado gerir muito bem o tempo e actualizar o blogue.
Posso dizer-vos que ontem e hoje cozinhou-se mais do que nestes meses todos!
Desde à algum tempo que faço parte do grupo do Facebook Dia 1 na Cozinha, no entanto já não participava nos temas propostos à algum tempo.


Hoje decidi, mesmo em cima do joelho, que ia participar. Afinal por cá por casa come-se tantas vezes pizza que deixar esta temática de fora seria um erro no meu ver.
Por isso mesmo a minha sugestão, apela ao Verão, com o marisco a ser rei nesta iguaria! Sirvam-se e desfrutem!


Ingredientes:

1 base de pizza rectangular (usei da marca Buitoni)
3 colheres de sopa de polpa de tomate
2 queijos mozzarela frescos
30 camarões cozidos, descascados e com cauda
100 gr de miolo de mexilhão cozido em conserva
especiarias para pizza q.b.


Preparação:

Ligue o forno e atente nas instruções de temperatura indicadas na embalagem.
Estende a massa e pique-a com um garfo.
Espalhe a polpa de tomate. corte 1 dos queijos em cubos bem pequeninos e distribua uniformemente.
De seguida distribua os camarões e no meio de cada um coloque uma pequenina porção do miolo de mexilhão.
Corte o outro queijo em cubos e distribua sobre a massa.
Polvilhe com as especiarias e leve ao forno pelo tempo indicado na embalagem.
Sirva quente ou fria.


Bom apetite!