sábado, 22 de fevereiro de 2014

Bundt (alemão) zebra de sementes de papoila


Confesso que sinto muitas saudades vossas, de me sentar a escrever as minhas aventuras e desventuras pelo mundo culinário, mas com a reviravolta que a minha vida deu, torna-se complicado actualizar esta minha cozinha. Muito em breve poderei partilhar com vocês o motivo da minha ausência tão prolongada, mas acho que irão ficar felizes por mim ;-)


No passado dia 19, celebrei 5 anos que me apaixonei pelo meu mais que tudo, ou melhor, que decidimos assumir que gostávamos um do outro e que valia a pena tentar construir um caminho a dois. Uma união com os seus altos e baixos, momentos felizes e alguns menos alegres, mas que só serviu para nos unir cada vez mais.
Por isso uma união que faz o seu primeiro Jubileu, merece um bolo. O tempo era pouco e assim decidi recorrer às receitas que agradam aos gregos e troianos cá de casa: gugelhupf, ou traduzindo, a versão germânica do bundt cake.


E como a meninas Lia e Mena têm a sua Bundtmania "on air" e com o tema Bundt Cake Zebra, decidi participar também (e logo eu que já não me recordo da ultima vez que participei num desafio).
Um Zebra muito fashion, porque nem tudo precisa ser a preto e branco!


Ingredientes:

150 gr de manteiga á temperatura ambiente
250 gr de farinha
3 colheres de chá de fermento em pó
120 gr de açúcar
2 pacotes de açúcar baunilhado
4 ovos (tamanho M)
125 gr de sementes de papoila
algumas gotas de corante vermelho (usei em gel)


Preparação:

Bata a manteiga com os açúcares e os ovos até obter uma mistura homogénea.
Adicione a farinha peneirada e misturada com o fermento. Misture tudo muito bem e divida a massa em duas partes iguais. A uma das partes junte as sementes de papoila e à outra o corante vermelho de forma a obter um tom rosa.
Unte e polvilhe uma forma estriada com buraco (bundt ou gugelhupf) e coloque alternadamente, com a ajuda de uma colher de sopa, camadas  de ambas as massas.
Leve ao forno pré-aquecido a 180º cerca de 50 minutos (faça o teste do palito).
Quando estiver pronto, deixe repousar 10 minutos na forma e só então desenforme. Envolva em película aderente e deixe arrefecer por completo.
Depois de frio, polvilhe com açúcar em pó.

Bom apetite!


Adaptado de: Dr. Oetker - Gugelhupf klassiker und neue Kreationen da editora Weltbild

Esta receita foi elaborada em parceria com: A Metalúrgica Bakeware Production S.A.

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Porque 30 só se fazem uma vez...



Hoje faço 30 anos.
Sei bem que não se deve dizer a idade de uma senhora mas eu não me importo.
Apesar de agora me poderem chamar trintona, não me sinto como tal. Mantenho o espirito alegre que me identifica pois apesar de o B.I. marcar a partir de agora uma nova idade, serei eternamente uma jovem.
Como tal não podia deixar passar em branco o meu dia e para celebrar decidi fazer aquilo que me identifica: cupcakes!
O bolo em tamanho grande virá apenas sábado, pelo que até lá podemos saborear estas pequenas maravilhas. Fica a receita...


Ingredientes:

6 ovos
6 colheres de sopa de açúcar
6 colheres de sopa de farinha
Raspa e sumo de uma laranja
1 colher de sobremesa de fermento em pó
1 frasco de creme de avelãs tipo Nutella (usei Lindt Crema Nocciola)
1 pacote de natas batidas em chantilly
1 pacote de açúcar baunilhado
Pérolas prateadas


Preparação:

 Bata as claras em castelo e reserve.
Com a  batedeira  bata as gemas com o açúcar até duplicar de tamanho. Junte o sumo e a raspa da laranja e continue a bater.
Adicione a farinha peneirada com o fermento e envolva delicadamente juntamente com as claras.
Distribua por forminhas untadas e polvilhadas (ou use forminhas) de papel) e leve ao forno pré-aquecido a 180 graus cerca de 10-15 minutos ( convém vigiar).
Deixe arrefecer e com a ajuda de um utensílio próprio retire o meio aos bolos.
Recheie com o creme de avelãs e decore com as natas batidas com o açúcar e as pérolas prateadas.



Bom apetite!