segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Guetsli Mailänderli para um Feliz Natal!


Mesmo tendo este meu cantinho em modo "quase stand-by", não poderia deixar de vir cá nesta altura do ano, para mim e muitos de vocês que me lêem, tão especial.
Para mim Natal só é Natal se puder ir a Portugal passa-lo com os meus pais e restante família. Não me importava de abdicar de ir ao meu país o resto do ano, mas esta data para mim é mesmo muito importante.


Nos dias que correm, muitas vezes esquecemos-nos do verdadeiro significado desta época e vemos uma corrida louca às lojas para comprar presentes. Não que eu tenha algo contra quem o faz (eu própria me incluo mas apenas compro uma lembrança simbólica para os mais pequenos), mas se o espírito natalício apela à união das famílias e à partilha, porque não o fazer com algo simples mas feito por nós com amor e carinho?


Aqui, na Suiça, nesta altura do ano, oferecem-se bolachas de Natal como "prenda", junto com um postal onde se escrevem os votos natalícios. Um gesto que aprendi a gostar e apreciar, pois a vida é feita de coisas simples.
Há imensas variedades, mas as que hoje vos trago, são as mais apreciadas (e na minha opinião as melhores!). São simples de fazer, mas ainda mais de comer pois considero-as viciantes!


Ingredientes (cerca de 40 unidades):

100 gr de manteiga à temperatura ambiente
125 gr de açúcar
1 pitada de sal
1/2 colher de sopa de sumo de limão
1 ovo
250 gr de farinha
1/2 colher de chá de fermento em pó
2 gemas de ovo para pincelar misturadas com 1 colher de sopa de água



Preparação:

Com a batedeira eléctrica, bata a manteiga com o açúcar durante 10 minutos, até obter uma mitura cremosa e clara.
Adicione o sal, o sumo de limão e o ovo e continue a bater.
Junte a farinha e o fermento, misturando bem e rapidamente (com as mãos) até obter uma bola que descole das mãos e das paredes da taça.
Envolva em película aderente e leve ao frigorífico cerca de 2 horas.
Findo  este tempo, disponha a massa entre duas folhas de papel vegetal, e com a ajuda do rolo da massa, estenda-a até obter 7 a 10 mm de espessura.
Com cortadores próprios para bolachas, corte a massa e disponha num tabuleiro forrado com papel vegetal, repetindo a operação até acabar a massa. Leve de novo ao frio por 30 minutos.
Pré-aqueça o forno a 175º.
Pincele as bolachas com a gema de ovo batida com a água, por 2-3 vezes até ficarem bem amarelas.
Leve ao forno cerca de 12-15 minutos.
Retire e deixe-as arrefecer numa grelha (daquelas que se usam para os bolos).

Bom apetite!

Adaptado de: saisonküche


Deste modo, despeço-me com um até breve, desejando a todos os que me seguem um Feliz Natal e um Próspero Ano Novo 2015 com votos de muita saúde, alegria e paz! Que todos os vosso desejos se concretizem neste novo ano que está para chegar! Beijinhos e bem hajam!

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Panettone para as boas vindas ao Natal....


Na minha mais recente ida a Portugal fui visitar as instalações de A Metalúrgica.
Como é óbvio, comprei formas, algumas para mim e outras para oferecer.
Sem contar, o responsável, o muito simpático Sr. Pedro, propôs-me um desafio que na altura me pôs a pensar.
Ora, o tempo passou e eu lá me decidi a ir para a frente com o convite, pois no final de contas este blogue é tanto meu como vosso!
Depois de uma grande ponderação, e tendo as bases da criação deste blogue, o desafio que vos trago é o seguinte:


Para se habilitarem a ganhar a bonita forma que encontram abaixo (Bota de Natal), convido-vos a fazerem e a partilharem uma receita de um bolo típico de Natal de um qualquer país do Mundo.
Para a partilha devem deixar a vossa participação sob forma de comentário aqui com o link do vosso blogue, através do Facebook (mensagem ou publicação) ou se preferirem por mensagem ou email . O passatempo decorre desde o dia de hoje até ao dia 17 de Dezembro de 2014 às 17.00 (hora de Portugal) e é válido para Portugal e Europa. O vencedor será obtido através do random.org e publicado o resultado ao longo do dia 18 de Dezembro 2014. Além da receita, deverão ser seguidores da página de A Metalúrgica e de A Cozinha da Kinhas, através do Facebook (podem fazer prova com o print screen/screenshot).



Inicio assim este desafio com um bolo típico do Natal italiano, e também muito apreciado aqui pela Suíça: Panettone!

Preparem as vossas cozinhas e boa sorte!


Panettone de chocolate e passas
(receita adaptada de Food Network)

Ingredientes:

100 gr de manteiga sem sal à temperatura ambiente
2 ovos
3 gemas
450 gr de farinha
200 ml de leite
200 gr de açúcar
90 gr de passas (demolhadas durante uma hora em água morna  posteriormente bem escorridas)
raspa de 2 laranjas
2 colheres de chá de fermento em pó
1+1/2 colher de chá de bicarbonato de sódio
50 gr de chocolate ralado com mínimo de 75% de cacau


Preparação:

Pre-aqueça o forno a 180º. Unte e polvilhe com farinha uma forma especial para panettone ou uma forma funda que tenha no mínimo 20 cm de diâmetro.
Numa taça, bata a manteiga com os ovos e as gemas cerca de 3-4 minutos.
Coloque o acessório da batedeira especial para bater massas, adicione metade da farinha e metade do leite e continue a bater cerca de 1 minuto. Junte a restante farinha, o leite e o açúcar e continue a bater até obter uma massa moldável. Adicione as passas, a raspa de laranja, o fermento em pó e o bicarbonato de sódio e o chocolate ralado. Continue a bater por 5-10 minutos numa velocidade baixa. (na receita original é amassada à mão).
Coloque a massa na forma e leve ao forno cerca de 35-45 minutos ou até que espetando um palito este saia limpo. A parte superior deverá estar rachada. Retire da forma e deixe arrefecer antes de servir.

Bom apetite!


Receita elaborada na forma de panettone de A Metalúrgica Bakeware, S.A

sábado, 8 de novembro de 2014

Bolo de chocolate branco



Quando me sentei para escrever a receita que hoje trago, dei-me conta que as últimas publicações têm sido só doces ou bolos. 
Não pensem que cá em casa só nos alimentamos disto! Nada disso, apenas não tem havido tempo ou imaginação para trazer uma receita salgada.
Por isso, continuamos na fase mais gulosa que o blogue conheceu até hoje e nada melhor que este delicioso bolo de chocolate branco para dar seguimento a esta saga. A receita original encontram no Flagrante Delícia.


Ingredientes: 

180 g de manteiga amolecida
270 g de açúcar
6 ovos
75 ml de leite (50ml + 25 ml)
125 ml de natas
270 g de farinha de trigo 
1 colher de chá de fermento em pó
1 pitada de sal
200 g de chocolate branco, picado e derretido



Preparação:

Pré-aqueça o forno a 180º C.
Unte com manteiga e polvilhe com farinha uma forma redonda sem buraco e com fundo amovível.
Numa taça, bata a manteiga com o açúcar até que fique um preparado leve e esbranquiçado.
Adicione as gemas, uma a uma, batendo bem entre cada adição.
Junte 25 ml de leite e as natas e bata bem.
Por fim, junte a farinha peneirada com o fermento e bata a velocidade baixa, até que fique uma massa homogénea.
Bata as claras em castelo com uma pitada de sal.
Incorpore as claras na massa.
Coloque o chocolate numa taça com os 50 ml de leite e derreter em banho-maria ou no micro-ondas com pequenos intervalos de calor e mexendo regularmente.
Junte o chocolate à massa, misturando ligeiramente .
Leve ao forno durante cerca de 30 minutos ou até que um palito inserido no centro do bolo saia seco e tenha a superfície ligeiramente dourada.
Retire do forno e deixar arrefecer dentro da forma antes de desenformar.


Nota: a Leonor aconselha a comer este bolo acompanhado com morangos, eu como não gosto deste fruto, servi com kiwi.


Bom apetite!

Receita elaborada na forma de aro amovível de fundo liso de A Metalúrgica Bakeware Production, S.A.

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Mousse de chocolate com café


Ainda estava grávida e fomos convidados para ir jantar a casa de uns amigos. Na altura com pouca vontade de fazer uma sobremesa muito elaborada, pesquisei por uma receita que fosse simples e que eu pudesse usar ingredientes que houvessem cá por casa. 
Assim, saiu esta deliciosa mousse (que fui buscar ao blogue do Paulo, e já agora se não conhecem a sua The Wild Kitchen, passem por lá que ele agradece) e satisfez muito bem a gula das grávidas, sim, leram bem, pois era eu e a minha amiga que estávamos de esperanças!


Ingredientes:

200g de Chocolate em tablete (com 75% de Cacau)
1 dl de Café Forte
4 Ovos 
200g de Queijo Mascarpone
80g de Açúcar


Preparação:

Parta o chocolate em pedaços, deite-o para a taça, adicione o café e coloque dentro de um tachinho com água. Leve ao lume em banho-maria até o chocolate derreter. Retire depois a taça do tacho e mexa bem o chocolate.
Misture o mascarpone com as gemas e bata bem até obter uma mistura cremosa e clara. Acrescente o chocolate frio e mexa bem.
Bata as claras em castelo, junte-lhes o açúcar aos poucos e batendo sempre até ficarem firmes e envolva-as delicadamente com o creme de chocolate. 
Distribua por taças e leve ao congelador durante 15m. Retire para o frigorífico até ao momento de servir.


Fonte: Revista Saúde à Mesa nº 92

terça-feira, 21 de outubro de 2014

Bolo de libra


Desde que a minha princesa nasceu que o meu tempo é demasiado curto para tudo. A prioridade é a pequenina, o seu bem-estar e tudo o que diz respeito a ela.
Nestes meses, tive de readaptar a minha rotina, o tempo para os meus hobbies e para cozinhar.
Muitas vezes tenho o tempo cronometrado ao segundo para que nada falhe.
No entanto, e com o aproximar a passos muito largos do meu regresso ao trabalho, tento pelo menos ao domingo fazer um doce para mim e para o meu companheiro. Talvez para podermos, tentar, relaxar 5 minutos entre cada biberão de leite ou cada soneca da pequena.
Dos bolos que tenho feito, são receitas antigas que podem encontrar no arquivo do blogue. Mas desta vez, e com ovos caseiros para gastar, decidi fazer uma receita nova, que já estava marcada no livro desde que o comprei (há sensivelmente 1 ano e meio!)
Um bolo denso, rico em sabores e perfeito para o chá neste Outono "esquisito" que temos pelos Alpes...


Ingredientes:

200gr de manteiga (temperatura ambiente)
320gr de açúcar
6 ovos
280gr de farinha
1 colher de chá de fermento em pó
4 colheres de sopa de leite
1 colher de chá de extracto de baunilha
açúcar em pó para polvilhar


Preparação:

Aqueça previamente o forno a 180º. Unte uma forma redonda sem buraco e forre-a com papel vegetal.
Junte a manteiga e o açúcar e bata até obter um creme esbranquiçado e cremoso, depois vá adicionando os ovos um a um, batendo bem entre cada adição.
Peneire a farinha sobre a mistura e envolva. Adicione o leite e a baunilha e misture delicadamente até obter uma mistura homogénea.
Deite a massa na forma e leve ao forno cerca de 1 hora ou até o bolo crescer e alourar. Quando furar o centro do bolo este deve sair seco. Deixe arrefecer uns minutos na forma e desenforme ainda morno. No momento de servir polvilhe com açúcar em pó.

Bom apetite!


Fonte: Livro "500 bolos" - booksmile

Receita elaborada na forma de aro amovível de fundo liso de A Metalúrgica Bakeware Production, S.A.

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Um convite para o regresso...


Nesta minha ausência, foi nas alturas mais inesperadas que descobri o quanto sou acarinhada por quem me segue no blogue e no Facebook.


Uma dessas muitas provas, foi o convite que me fez ir hoje até à cozinha, ligar as minhas fiéis ajudantes e rezar para que a minha princesa não acordasse enquanto eu dava largas à imaginação.
Convite esse que me foi feito pela querida Sónia do blogue Uma Pedra de Sal para o seu passatempo cujo mote é o regresso às aulas.


Ora, como vocês sabem, a minha filhota ainda está a uns anitos de ir para a escolinha, mas a minha sobrinha e o meu sobrinho tiveram hoje o seu primeiro dia a sério na escola.
E foi a pensar neles (apesar de estarem longe), que fiz os bolos que hoje trago.
São muitos simples, pouco doces e são perfeitos para o lanche dos pequenos ou mesmo para a sobremesa da marmita dos adultos.
A inspiração veio daqui, a receita original é da famosa Martha Stewart e eu adaptei ao meu gosto pessoal.


Mini bolos de maçã e canela

Ingredientes (12 unidades)

1+1/3 medida cup de óleo vegetal
3 medidas cups de farinha de trigo
1 colher de sopa de canela em pó
1 colher de chá de bicarbonato de sódio
1 colher de chá de sal fino
2 medidas cups de açúcar amarelo
3 ovos
4 maçãs (descascadas, descaroçadas, 1 cortada em cubinhos, 3 reduzidas a puré crú)
1 colher de chá de essência de baunilha


Preparação:

Pré-aqueça o forno a 180º. Disponha as formas num tabuleiro (se forem de cartão não precisa untar/polvilhar). Caso pretenda um bolo grande use uma forma grande de chaminé ou uma redonda de 25cm.
Peneire para uma taça a farinha, canela, o bicarbonato e o sal, Misture e reserve.
Numa taça grande, com a ajuda da batedeira, bata o óleo, os ovos e o açúcar. Bata em velocidade alta até obter uma mistura cremosa e amarelo escuro.
De seguida , vá juntando aos poucos a mistura da farinha, reduzindo a velocidade para média, até ficar homogéneo.
Junte as maçãs em cubinhos e em puré e continue a misturar. Por fim junte a baunilha e mexa bem.
Divida a massa pelas formas e leve a cozer por cerca de 20-30 minutos, fazendo o teste do palito (se for forma grande demora cerca de 50 minutos a 1 hora).
Retire do forno e deixe amornar antes de desenformar.

sábado, 6 de setembro de 2014

E o meu mundo ganhou um novo sentido...



... 84 dias sem publicar! Passou tanto tempo desde a última vez que me sentei com o computador e abri o blogue. Uma eternidade sem dúvida mas confesso que sentia saudades de escrever nem que fossem apenas umas linhas.



Fui mãe à precisamente 48 dias. Uma verdadeira mudança na minha vida e na do meu companheiro, mas sem dúvida que tudo passou a ter um sentido. Algo pelo qual vale a pena viver, batalhar e ser feliz.
A princesinha A.M. faz as delicias de todos, talvez como qualquer bebé que nasce para enriquecer os laços de uma família. Neste caso a nossa.
Mas hoje não regressei para vos falar dela, se bem que estas quase 7 semanas da vida da pequenina davam para pano para mangas.


Hoje trago uma receita que fiz ainda estava grávida, um simples bolo de bolacha com um molho diferente.
A receita já tem uns valentes anos mas recordo-me perfeitamente de onde a tirei: do teletexto da RTP, quando ainda havia a rubrica diária de culinária no programa da manhã.
É uma sobremesa simples, que se pode saborear todo o ano e por incrível que pareça não foi desejo de grávida.



Bolo de bolacha com molho amar

Ingredientes para o bolo:

180 gr de bolacha Maria
5 dl de natas
100 gr de açúcar
3 dl de café solúvel bem forte

Ingredientes para o molho:

1 lata de leite condensado
1 lata de leite normal (usar como medida a lata do leite condensado)
5 gemas

Preparação:

Comece pelo molho: Num tacho coloque o leite condensado, o leite normal e as gemas. Misture bem e leve ao lume brando, mexendo sempre até engrossar.Retire do lume e deixe arrefecer.
Para o bolo: Bata as natas com o açúcar. Coloque o café num prato fundo.
Barre o fundo de um prato ou taça com um pouco de natas batidas.Molhe as bolachas uma a uma no café e coloque uma ao centro e seis em volta sobre as natas. Barre as bolachas com mais um pouco de natas e repita a operação até as bolachas terminarem ou o bolo ter o tamanho desejado. No final barre o bolo com as natas que sobrarem. Leve ao frigorífico e na hora de servir cubra com o molho.

Bom apetite!

sábado, 14 de junho de 2014

Um doce mas pequeno regresso com um Lemoncello Bundtcake


O tempo passa a voar... na minha última publicação aqui, festejávamos todos o segundo aniversário desta Cozinha e desvendou-se o meu tesouro mais bem guardado.
Na altura estava com 23 semanas de gestação, neste momento estou com 31 e a cada dia que passa a ansiedade do grande momento vai-me ocupando os pensamentos.


Antes de irmos até à receita, quero agradecer a todos quantos por aqui passaram, bem como pela página do Facebook e inclusive a quem tem acesso ao meu perfil privado, para me darem os parabéns por esta fase tão maravilhosa na vida de uma mulher. É sem dúvida algo indescritível!


Hoje, decidi encher-me de coragem e ir até à cozinha fazer um bolo. Desejos de grávida talvez! Ou talvez porque recentemente fui de férias a Itália, mais concretamente a Veneza e trouxe de lá um Lemoncello (licor de limão) e queria estrear a garrafa da melhor forma.


O que é certo é que não procurei muito pela receita certa, bastou uma pesquisa na net e surgiu logo a "special one".
A inspiração veio do blogue Baking with Altitude que descobri por acaso mas tem receitas de encher os olhos (e a barriga também!) Vamos então, fazer um bundt?
Aproveito a "onda" e participo na 9ª edição da Bundtmania com o tema Bebidas e Cocktails das minhas queridas Mena e Lia! ;)


Ingredientes:

Para o bolo:

12 colheres de sopa de manteiga à temperatura ambiente
1+1/2 cup de açúcar
4 ovos tamanho L
1/2 cup de Lemoncello (licor de limão)
3 cups de farinha peneirada
2 colheres de chá de fermento em pó
1/2 colher de chá de sal fino
2/3 cup de leite
1+1/2 colher de chá de raspa de limão


Para o glace:

1+1/2 cup de açúcar em pó peneirado
3 colheres de chá de Lemoncello


Preparação:

Ligue o forno a 180º e unte e polvilhe uma forma de bundt (redonda com chaminé).
Numa taça, bata, com a batedeira ou robot, a manteiga com o açúcar até obter uma mistura fofa e cremosa.
Junte os ovos um a um, batendo bem entre cada adição.
Adicione o Lemoncello e continue a bater.
Numa taça separada, junte a farinha peneirada com o fermento e o sal.
Adicione a mistura de farinha ao preparado, alternando com o leite, batendo sempre mas agora na velocidade mais baixa.
Comece e acabe com uma adição de farinha.
Junte por fim a raspa de limão.
Coloque a mistura na forma e leve ao forno por cerca de 40-60 minutos ou até que o palito saia seco.
Deixe o bolo arrefecer na forma e só depois desenforme. Envolva em pelicula aderente até estar completamente frio.
Para a cobertura, faça o glace da seguinte forma: bata o açúcar juntamente com o Lemoncello até obter um mistura homogénea e cubra o bolo.
Deixe secar antes de servir.


Bom apetite!

sexta-feira, 18 de abril de 2014

Segundo aniversário do blogue e o desvendar do mistério...

Hoje, este cantinho está de parabéns.
Completa dois anos de existência.
Durante este tempo, sinto que já aprendi muito, mas não tudo, pois durante a nossa vida estamos sempre a aprender.
Quando olho para as fotografias iniciais rio-me pois admito que não pescava nada do assunto, mas felizmente com a ajuda de muitas pessoas, aprendi a melhorar a qualidade deste meu espaço, das receitas, do design e tudo o que possa envolver o blogue.
Foram dois anos que andei sempre à procura de utensílios que pudessem ajudar a comer ainda mais com os olhos quem me segue, a apresentar devidamente os pratos e ter um pouco mais de cuidado e requinte no que passa para o olhar do mundo.
Sem o vosso apoio, carinho constante e incentivo admito que não teria crescido como blogger e como pessoa.
2014 é um ano de mudança, no blogue e na minha vida pessoal.
Até à data pouco dei a conhecer do que vai para lá da Catarina blogger de culinária.
Quem me conhece pessoalmente sabe que o que transmito para aqui é o que sou no dia a dia: reservada mas bem disposta e sempre com um sorriso na cara!
Mas hoje chegou o dia de vos dar a conhecer um pouco mais além e partilhar com todos quantos me seguem o verdadeiro motivo da diminuição drástica nas publicações e na retribuição de comentários.







Estou grávida de 23 semanas :) de um bebé planeado, desejado e já muito amado por mim e pelo que irá ser o meu futuro marido.
Com a reviravolta que a nossa vida deu, ando a aproveitar cada segundo deste estado de graça e das alegrias de sentir o nosso bebé crescer, mexer e interagir connosco ainda dentro da barriga. Sou uma grávida feliz e orgulhosa!
Quis deste modo celebrar assim os dois anos do blogue, partilhando algo tão íntimo com todos, para que finalmente percebam o porque do "desaparecimento".
A vocês que estão aí desse lado, em meu nome e no do H. (e já agora do bebé que ainda não sei o sexo!) o nosso muito obrigada por todo o carinho e por estarem sempre desse lado atentos ao que por aqui se passa nesta cozinha.






Beijinhos e bem hajam,
Catarina

quarta-feira, 9 de abril de 2014

Dourada no forno com alcaparras e azeitonas


Com o stress do dia a dia nem sempre há imaginação para novos pratos.
Por isso, outro dia, deparei-me sentada no chão da biblioteca, a ver os livros de cozinha e recortes para encontrar novas inspirações culinárias para vos mostrar aqui no blogue.


Como gosto muito de peixe e raramente o faço, tenho aproveitado a Quaresma para por em prática receitas novas onde o alimento do mar seja rei.
Uma dessas foi o prato que vos trago hoje que é de extrema simplicidade, e apesar de ser no forno, serve muito bem para uma refeição ligeira num dia mais quente de Primavera.
Fica a sugestão...


Ingredientes: (2 pessoas)

2 douradas limpas
20 gr de manteiga
60 gr de alcaparras em conserva
90 gr de azeitonas pretas
1 fio de azeite
1 pitada de pimenta
1 pitada de sal
12 folhas de louro


Preparação:

Limpe as douradas, retirando bem as entranhas.
Tempere interna e externamente com sal e pimenta.
Faça em cada uma 3 golpes de cada lado. Coloque em cada golpe as folhas de louro e pincele ambos os lados com um fio de azeite.
Aqueça o forno a 220º, coloque no fundo de uma travessa uma folha de papel vegetal e disponha as douradas. Coloque-as a assar cerca de 20-30 minutos.
Enquanto assam, prepare numa taça uma mistura com a manteiga ligeiramente derretida, as alcaparras (que deve ter passado por água previamente), as azeitonas, o azeite, sal e pimenta. Misture bem.
No fim dos 20-30 minutos, retire as douradas do forno, pincele ambas com a marinada e leve novamente ao forno por mais cerca de 5-10 minutos.
Sirva com acompanhamento da sua preferência (eu servi com puré).



Bom apetite!

Adaptado de: Coop Zeitung