quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Lulas ao vinho tinto em cama de torradas e batatas do Jamie com molho de iogurte da V.



Outro dia descobri que tinha acesso ao 24Kitchen na televisão por cabo e se já devorava programas de culinária, agora só perco algum se o meu trabalho não me permitir estar em casa.
A semana passada depois de ver um dos episódios do Em 30 minutos com o Jamie, em que ele fazia umas batatas cozidas no micro-ondas e que depois levava ao grill, achei por bem experimentar a ver como corria...
Ora, o nosso Jamie nunca desilude e a nós cá em casa também não.

O prato que hoje vos trago idealizei-o na minha cabeça no dia em que o fiz e por uma vez na vida consegui passar para a prática aquilo que tinha imaginado como apresentação do prato.
Ao fim de um ano e meio de blogue sensivelmente, finalmente posso dar os parabéns a mim mesma pelo meu esforço mas acima de tudo devo agradecer a quem me foi deixando críticas construtivas sobre como melhorar este meu espaço e me ensinou técnicas de fotografia e empratamento que eu desconhecia. Não sou chef nem ambiciono ser no entanto acho que a blogoesfera deveria ser um lugar de partilha e entreajuda e não de críticas destrutivas como eu tenho visto por aí... Desculpem o desabafo!

Deixo-vos então uma refeição simples, mas cheia de sentimento, pois foi o jantar de aniversário do mais que tudo pelos seus 29 anos.




Ingredientes:

Para as batatas (inspiradas nas do Jamie Olivier)

5 batatas novas grandes
1 pitada de sal, pimenta branca e rosmaninho
1 fio de azeite



Para o molho de iogurte da V.

1 iogurte natural
2 colheres de sopa de maionese
1 colher de chá de salsa finamente picada
sal e especiarias a gosto q.b. (usei uma mistura que há por cá e se chama Aromat)



Para as lulas

400 gr de lulas limpas
2 colheres de sopa de polpa de tomate
1 fio de azeite
1 cebola em rodelas
2 dl de vinho tinto
1 pitada de sal rosa dos Himalayas, alho em pó e pimenta branca
1 folha de louro
4 fatias de pão de forma torradas




Preparação:

Para as batatas, leve-as a cozer num prato que possa ir ao micro-ondas por 14 minutos, ligeiramente golpeadas com uma faca e o recipiente tapado com película aderente. No fim do tempo verifique comum garfo se estão cozidas. Caso não, coloque mais 1 ou 2 minutos.
Após a cozedura, faça um golpe em cruz em cada uma delas e aperte ligeiramente. Tempere com sal, pimenta e rosmaninho e regue com um fio de azeite. Leve à função grill do forno por cerca de 6 minutos.
Sirva com o molho de iogurte que é preparado do seguinte modo - numa taça, disponha o iogurte, a maionese, a salsa e os temperos. Mexa bem e está pronto.
Para as lulas, num tacho coloque a cebola em rodelas juntamente com o azeite. Deixe amaciar um  pouco e junte as lulas. Mexa bem e regue com o vinho tinto, coloque a polpa de tomate, tempere com o sal, alho em pó, a pimenta e a folha de louro. Deixe cozinhar em lume muito brando até as lulas estarem cozidas.
Entretanto torre o pão e no prato disponha as fatias cortadas em triângulo e coloque por cima as lulas com um pouco de molho e ao lado as batatas cobertas com o molho de iogurte. Decorei com cebolinho e coentros frescos.




Bom apetite!

sábado, 24 de agosto de 2013

Risotto de cenoura



O prato que hoje trago é apenas mais uma das muitas versões de risotto que tenho feito desde que aprendi a gostar deste prato tão tipicamente italiano.
Uma conjugação de entre o adocicado da cenoura e a cremosidade que o queijo dá ao arroz fez as delícias de nós os dois num jantar desta semana e é com este prato que participo na 5ª edição da escolha do ingrediente, ideia original do blogue a Tertúlia da Susy e que este mês está "hospedado" no cantinho da doce Mafalda - Fornadas de Miminhos.
Segue a receita...




Ingredientes:

350 gr de arroz arbóreo (para risotto)
2 dl de vinho branco
8 dl de caldo de legumes
6 cenouras trituradas (usei o processador)
1 cebola
1 fio de azeite
sal e pimenta q.b.
queijo ralado q.b.




Preparação:

Num tacho coloque o azeite e a cebola picada até que esta fique macia. Junte o arroz e a cenoura e mexa bem para fritar e envolver.
Adicione de o vinho. Reduza o calor e deixe evaporar quase na totalidade o vinho. Aos poucos vá juntando o caldo de legumes, deixando evaporar entre cada adição.
Quando o risotto estiver a ficar pronto (cerca de 20 minutos) tempere com sal e pimenta e polvilhe com queijo ralado. Envolva para ficar cremoso. Sirva de imediato.

Bom apetite!

terça-feira, 20 de agosto de 2013

Let´s dance (Mat)cha (Mat)cha (Mat)cha...



Não se convençam pelo título de hoje, gosto muito de ver dançar mas eu sou uma verdadeira pés de chumbo nesta arte!



Há muito tempo que não ia à capital dar uma volta e ver as novidades por lá. A semana passada por ter uma consulta médica de rotina, decidi aproveitar e ir mais cedo para ver as montras e fazer algumas compras.

Passei então na casa do chá , lembrei-me de entrar e comprar Matcha que é nada mais nada menos do que chá verde mas em pó e que pode ser usado com fins culinários.
Devo confessar que foi uma pequena extravagância à minha humilde carteira pois 100 gr deste pó custam a módica quantia de 29.50 CHF (cerca de 27 €).
No entanto dei por bem investido o dinheiro, pois com um pouco de Matcha fiz o Bundt que hoje vos trago e que fez as delícias de nós os dois cá em casa :)



Se tiverem a possibilidade, não deixem de experimentar esta receita e depois digam-me o que acharam! Nós ficamos extasiados com o contraste de sabores que este bolo proporciona e é sem dúvida um Bundt a repetir, não com a frequência desejada, mas quem sabe em ocasiões mais especiais?!




Bundt de cacau e matcha

Mistura de cacau
1+1/2 cup de farinha
1/2 cup de cacau
1+1/2 colher de chá de fermento em pó
1/2 colher de chá de sal fino

Mistura de matcha
1+1/2 cup de farinha
2-3 colheres de sopa de matcha em pó
1+1/2 colher de chá de fermento em pó
1/2 colher de chá de sal fino

Restantes ingredientes
3 cups de açúcar
1 cup de manteiga sem sal à temperatura ambiente
3 ovos à temperatura ambiente
1+3/4 de leite à temperatura ambiente
1 colher de chá de baunilha (usei essência)


Preparação:

Aqueça o forno a 180º. Unte e polvilhe uma forma de bundt (caso não tenha, use uma forma grande de chaminé).
Com o batedor de varas misture numa taça os ingredientes para a mistura de cacau e proceda da mesma forma para a mistura de matcha noutra taça à parte.
Com a batedeira, noutra taça, bata muito bem a manteiga com o açúcar. Adicione os ovos, o leite e a baunilha e continue a bater até estar tudo bem ligado.
Divida o creme em partes iguais pela mistura de cacau e pela de matcha. Misture cada uma delas separadamente de forma a obter dois cremes.
Coloque as massas na forma deitando colheradas alternadas de massa verde e massa castanha até a forma estar cerca de 3/4 cheia.
Para fazer o efeito marmoreado, use a ponta de uma faca e faça movimentos em espiral nas massas (apenas uma ou duas vezes).
Leve ao forno cerca de 45 minutos - 1 hora (convém vigiar).
Depois de pronto, deixe arrefecer na forma cerca de 10 minutos e de seguida desenforme e embrulhe em película aderente até arrefecer totalmente.
Depois de frio decore com açúcar em pó.

Bom apetite!

Fonte: Bakerella

sábado, 17 de agosto de 2013

Pão de iogurte


                          


Se há coisa que me sabe bem é ter pão fresco todos os dias para o pequeno almoço.
Com a MFP tornei isso possível cá em casa e desde que a comecei a usar todo o tipo de pães têm saído de lá.
O que vos trago hoje foi uma agradável surpresa pois pão de iogurte intrigava-me um pouco de como seria o paladar dele. Fiquei rendida! Fica a sugestão para o pequeno-almoço de domingo :))





Ingredientes:
Fonte: Panflor

700 gr de farinha 
250 gr de iogurte natural
3 dl de leite
30 gr de fermento de padeiro
3 colheres de chá de açúcar
20 gr de sal




Preparação:

Método tradicional

Dilua o fermento juntamente com o açúcar em metade do leite que deverá estar à temperatura ambiente ou morno.
Bata todos os ingredientes com a batedeira (varas de amassar) até obter uma massa compacta. Deixe descansar por cerca de 1 hora tapado com um pano húmido.
Findo este tempo , forme 1 a 2 pães e coloque sobre um tabuleiro forrado com papel vegetal e polvilhado de farinha. 
Levar a cozer em forno NÃO pré-aquecido a 240º-250º até ficar com a cor desejada (cerca de 50 minutos para um pão de 500 gr a 600 gr).




MFP

Colocar os ingredientes líquidos primeiro e depois os sólidos (desfazer o fermento no leite juntamente com o açúcar).
Escolher o programa "Pão Doce" (750gr, cor média) e deixar a máquina fazer o ciclo normalmente.
Depois de pronto, retirar a cuba, vira-la ao contrário para desenformar o pão.

Bom apetite! 

terça-feira, 13 de agosto de 2013

Risotto al pommodoro e funghi para o regresso...

Estou de regresso!

15 dias de férias bem gozadas, onde recuperei energias e aproveitei ao máximo a companhia da família e dos amigos.
Desde que vivo nos Alpes, desta vez foi a única altura em que não me senti tão triste com a partida... Quem está longe como eu, percebe perfeitamente o que é estarmos longe de quem gostamos um ano inteiro. Acho que cinco anos e meio depois finalmente me acostumei à ideia de que a Suiça é decididamente o meu lugar no Mundo... As saudades ficam sempre e vivo com elas todos os dias, mas quem sabe um dia não regressarei ás origens?

Por isso, hoje trago para o meu regresso ao meu cantinho um risotto. Já várias vezes mencionei aqui o quanto gosto deste prato! Sempre que olho para o pacote uma ideia nova surge para o fazer... Eu nem preciso de mais nada, um prato de risotto para mim serve como refeição completa!

Há uns tempos vi num anúncio no folheto do supermercado um risotto daqueles pré-cozinhados de tomate e fiquei com aquela ideia na cabeça a matutar até hoje! Então decidi ir para a cozinha por mãos há obra! O resultado foi este! Delicioso e a repetir muitaaaaas vezes :)






Ingredientes:

350 gr de arroz arbóreo (para risotto)
2 dl de vinho branco
8 dl de caldo de legumes
4 a 5 colheres de sopa bem cheias de polpa de tomate
1 lata de cogumelos inteiros (se forem frescos é o ideal)
1 cebola
1 fio de azeite
sal e pimenta q.b.
queijo ralado q.b.




Preparação:

Num tacho coloque o azeite e a cebola picada até que esta fique macia. Junte o arroz e mexa bem para fritar e envolver.
Adicione de seguida a polpa de tomate e o vinho. Reduza o calor e deixe evaporar quase na totalidade o vinho. Aos poucos vá juntando o caldo de legumes, deixando evaporar entre cada adição e numa dessas adições junte também os cogumelos.
Quando o risotto estiver a ficar pronto (cerca de 20 minutos) tempere com sal e pimenta e polvilhe com queijo ralado. Envolva para ficar cremoso.
Se gostar, polvilhe com salsa picada e sirva de imediato.





Bom apetite!

Ah! Quase me esquecia :) que acham do novo aspecto do blogue? Tenho a agradecer à minha querida Mena do Aventuras de uma Mama pois foi ela quem concebeu o novo layout do meu cantinho!