quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Royal icing

Quem me segue sabe que muitas vezes faço cupcakes. O que eu ainda não tinha mostrado é como faço para trabalhar as decorações.
Para isso é preciso um creme que é nada mais nada menos que o chamado "royal icing".
Deixo aqui o modo de preparo...


Ingredientes e preparação:

3 claras de ovo (usei pó de merengue que faz o mesmo efeito - 3 colheres de sopa)
500 gr de açúcar em pó
6 colheres de sopa de água

Preparação: 

Bata os ingredientes a baixa velocidade com a batedeira durante cerca de 7 a 10 minutos ou até o creme começar a formar.
Deverá ficar com o aspecto brilhante e com ondas como num lago.
Conserva-se no frigorífico até 2 semanas se for feito com o pó de merengue (com claras apenas 1 semana no máximo). Manter sempre tapado com película aderente ou com um pano de cozinha húmido pois seca rapidamente ao ar.

Fonte: Kitschcakes

Devo alertar que estas quantidades rendem muito, pelo que se não forem utilizar no período de tempo que o creme aguenta façam apenas metade ou mesmo um quarto da receita.

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Omolete de camarão para a marmita

Finalmente estou de volta, após uns dias sem Internet em casa. Tenho no telemóvel mas há determinadas funções que fico um pouco mais limitada e torna-se complicado ver todas as actualizações. Mas agora que o problema está resolvido vou actualizar-me com as vossas receitas durante esta semana :)
Hoje trago mais uma sugestão muito simples que todos sabemos fazer e que serve para qualquer refeição ou mesmo para a marmita (o que aconteceu no meu caso).
Fica a ideia...


Ingredientes (1 omelete média)

4 ovos tamanho M
sal, pimenta branca e salsa picada q.b.
50 gr de miolo de camarão cozido (o mais pequeno possível)


Preparação:

Bater os ovos com o sal e a pimenta.
Juntar a salsa e o camarão e misturar.
Levar ao lume uma frigideira com um fio de gordura e levar a fritar.
Enrolar com cuidado para não partir (eu quando a omelete está formada, por norma parto ao meio).
Servir quente ou fria com acompanhamento a gosto.


Bom apetite!

sábado, 23 de fevereiro de 2013

Frango assado da minha Mãe

Este frango foi o jantar do meu dia de anos (no dia 4). Com a azáfama que andava decidi que ia fazer um prato de forno e assim era o 2 em 1: fazia os cupcakes e logo de seguida o frango.
Uso o mesmo tempero que a minha mãe me ensinou e o frango era caseiro mas muito tenrinho.. Obrigada velhinha :))


Ingredientes e preparação (2 - 3 pessoas)

Coloquei o frango já cortado em pedaços (1/2 com cerca de 1.5kg) numa travessa de forno e por cima coloquei 1 cebola cortada em rodelas muito finas, 1 pitada de sal, alho em pó, 1 folha de louro, uma noz de manteiga (não muita pois o frango larga gordura), vinho branco para fazer molho e colorau em pó q.b. Misturei bem para o frango apanhar o gosto por todo e levei ao forno cerca de 1h30. Após a primeira meia hora juntei as batatas cortadas em quartos e polvilhei com mais um pouco de colorau e reguei com mais um pouco de vinho. Fui virando enquanto assava.
Após este tempo espetei o garfo para ver se a carne estava cozinhada e servi. Acompanhei com salada de alface.


Bom apetite!

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Feijoada de polvo

Este feijoada de polvo foi inspirada na Addicted, dona do blogue Cook addiction. Ela tinha publicado uma feijoada de potas e tinha falado que já tinha comido de polvo e tinha adorado.
Como eu tinha posto a descongelar polvo para o dia seguinte, trouxe a ideia comigo e fiz à minha maneira. Sem dúvida a repetir!

Quero também agradecer aos visitantes do blogue (novos incluídos) que me têm deixado palavras simpáticas e os parabéns pelos 500 gostos da página no FB. Voltei a ficar com as visitas em atraso mas no fim de semana eu trato do assunto, que eu não me esqueço de vocês! ***

                   

Ingredientes:
1 embalagem de polvo limpo com cerca de 900 gr
1 lata de feijão manteiga (usei Compal)
3 cenouras
1 cebola
1 fio de azeite
2 chouriços de carne corrente (usei Nobre)
salsa picada q.b.
sal, alho em pó e pimenta branca q.b.
1 folha de louro
1 dl de vinho branco
água de cozer  o polvo para a calda


Preparação:

Comece por cozer o polvo na panela de pressão apenas em água durante cerca de 30 minutos. Convém limpa-lo e cozer o polvo com a cabeça cortada para não mingar). Retire e reserve a água de cozer.
Faça um refogado com a cebola picada no azeite.
Junte a cebola aos cubos, o polvo e o chouriço em rodelas. Regue com o vinho, tempere com o sal, alho e pimenta e coloque a folha de louro.
Adicione a água de cozer o polvo e deixe cozinhar em lume brando até a cenoura e o polvo estarem bem cozidos.
Junte a lata do feijão,rectifique os temperos e polvilhe com a salsa picada. Mexa e deixe apurar 10 minutos.
Sirva acompanhado com arroz branco.

Bom apetite!




quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Terra e Mar à Brás

Há uns bons meses que andava para experimentar a alheira à Brás do Ricardo (Pratos que falam) mas outras receitas e ideias foram surgindo entretanto e foi ficando para trás... Bem do Ricardo só trouxe a ideia base porque tudo o resto depois foi fruto da imaginação e da sabedoria popular.
Fiz isto um pouco a olho mas deixo-vos com as quantidades para ser mais fácil calcular...
Esta receita é também para celebrar os 500 "likes" da página do blogue no FB, sem a ajuda de vocês que me seguem, incentivam e experimentam as minhas receitas nada disto era possível! Obrigada a todos <3

                               

Ingredientes:

2 alheiras (da minha Mãe)
100 gr de miolo de camarão
400 gr de batata palha de compra
6 ovos
1 cebola grande
1 fio de azeite
salsa picada q.b.
azeitonas pretas
sal, pimenta branca e alho em pó q.b.


Preparação:

Numa frigideira coloque um fio de azeite (muito pouco pois as batatas já são gordurosas que chegue), corte a cebola em rodelas e deixe alourar até ficar macia.
Junte a alheira cortada em pedacinhos (com ou sem pele - eu usei com pele) e o camarão e deixe saltear.
Junte então a batata palha e vá mexendo, sempre com o lume no médio para não torrar.
Bata os ovos com uma pitada de sal, pimenta e alho em pó. Disponha por cima das batatas e envolva bem até os ovos estarem cozinhados. Adicione as azeitonas e polvilhe com a salsa picada.
Sirva de imediato.

Bom apetite!


terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Gratinado de massa com picatta de frango

Uma das confort food que mais aprecio é massa no forno :) acho que comia todos os dias... o problema depois ia ser a balança.
Uma vez publiquei algo do género que trago hoje, poderão ver aqui a receita mas como gosto de variar e inovar alterei bastante a ideia original e saiu mais um belo petisco para o jantar...

Quero também agradecer às cozinheiras que me ofereceram o selo Liebster, estou neste momento a escrever a publicação com as respostas ás vossas questões e curiosidades que queiram saber de mim... Amanhã publico :)

Agora a massa!


Ingredientes:

500 gr de carne picada de frango
500 gr de massa (usei fusilli)
1 cebola
1 fio de azeite
1 folha de louro
sal, pimenta branca e alho em pó qb.
2 dl de vinho branco
2 dl de água
2 colheres de sopa de polpa de tomate
500 ml de molho bechamel de compra
1 pacote de natas
queijo ralado q.b.
noz-moscada moída q.b.
manteiga para o prato de forno


Preparação:

Faça um refogado com a cebola picada no azeite.
Adicione a polpa de tomate,  o vinho e a carne e mexa bem.
Junte a água, o louro, sal, pimenta e o alho em pó. Coloque o lume no mínimo e deixe cozinhar cerca de 20 minutos, vigiando para não queimar.
À parte coloque um tacho com água temperada com sal e quando ferver coloque a massa, deixando cozinhar até ficar al dente.
Numa travessa de ir ao forno (tipo pyrex), coloque umas nozes de manteiga.
Por cima coloque a massa e de seguida a carne com o molho.
Misture bem e adicione então as natas, o bechamel e a noz moscada moída voltando a misturar novamente.
Polvilhe generosamente com queijo ralado e leve ao forno pré-aquecido a 220º até o queijo derreter e dourar.


Bom apetite!

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

Açorda de atum no forno

Esta sugestão que vos trago hoje já tinha mostrado uma foto no Facebook e deixado alguns com água na boca...
É uma ideia muito acessível, prática e económica.
Já tinha feito algo do género nesta publicação e tinha adorado mas desta vez decidi modificar ligeiramente e por um pouco mais composto o repasto que serviu para o jantar nesse dia. Ora cá vai como eu fiz:


Ingredientes (4 pessoas)

12 fatias de pão de forma
6 ovos
4 colheres de sopa de polpa de tomate
1 cebola
3 latas de atum
1 lata de cogumelos laminados
250 gr de queijo ralado
7,5 dl de água
1 caldo de legumes
salsa picada q.b.
1 folha de louro
sal, alho em pó e pimenta branca q.b.
1 fio de azeite


Preparação:

Prepare o caldo refogando a cebola picada, a polpa de tomate, os cogumelos e o atum desfeito no azeite.
Junte a água, o caldo knorr, o sal, a folha de louro,o alho em pó e a pimenta e deixe ao lume até ferver. Junte a salsa picada.
Num tabuleiro coloque seis fatias do pão. Regue com metade do caldo.Polvilhe generosamente com o queijo ralado e sobreponha mais seis fatias do pão colocando cuidadosamente por cima de cada fatia os ovos temperando-os com uma pitada de sal.
Leve a forno pré-aquecido a 200º cerca de 20-25 minutos.
Sirva de imediato.

Bom apetite!

domingo, 17 de fevereiro de 2013

Bolinhos de chouriço

Olá, olá, hoje há duas publicações... de manha foi o brunch, agora é para a marmita. Há outras receitas que já fui mostrando as fotos no Facebook mas com certeza acontece a todos termos aqueles dias que simplesmente não nos apetece escrever essas mesmas receitas porque ou nos falta a inspiração ou porque simplesmente não é o dia... Hoje escrevi o brunch e escrevo esta mas prometo que durante a semana partilho com vocês as outras receitas.
Estes bolinhos desde que os aprendi a fazer com a Anabela do blogue Ideias cá de casa, que tem sido presença assídua na minha marmita. Até agora tenho feito sempre do mesmo modo mas por azar desta vez esqueci-me de comprar o bacon, pelo que tive de recorrer ao chouriço (português claro) que tenho sempre congelado na arca. Mais uma vez não me desiludiram e ficaram deliciosos!


Ingredientes:

250 gr de farinha
250 ml de leite
2 ovos
1 colher de sobremesa de fermento
1 colher de sobremesa de farinha maisena
100 gr de manteiga derretida
uma pitada de sal
3 colheres de sopa de água quente
2 chouriços picados sem pele (com cerca de 250gr e usei a picadora)


Preparação:

Numa taça bata os ovos, junte a farinha peneirada e a manteiga derretida. Junte o leite aos poucos e mexa.
Junte depois a farinha maisena, o fermento, o sal e a água e envolva bem sem bater a massa.
Junte o chouriço picado, mexa tudo cuidadosamente. Deite em forminhas e leve ao forno a 180º por cerca de 20-25 minutos.

Bom apetite!

Sugestão de Brunch..

Hoje deixo-vos uma sugestão de brunch para o vosso fim de semana... Uma ideia do meu irmão G. que eu decidi partilhar com vocês.
Para os ovos mexidos faço-os com um pouco de natas, sal e pimenta. Ficam deliciosos!
Para a tarte de maçã poderão encontrar a receita publicada aqui.

Espero que gostem!


















Bom apetite!

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Filetes de peixe gato (pangasius) com puré

O que hoje vos trago não é bem uma receita, é mais uma sugestão e o modo como tempero os filetes.
Nada mais simples...


Ingredientes e preparação:

Numa travessa funda, coloco os filetes a descongelar. Quando já estão descongelados (normalmente deixo de manha quando saio para o trabalho) escorro a água que libertaram e faço uma marinada com leite - o leite amacia o peixe, sumo de limão, sal e alho em pó. Deixo estar cerca de 1 hora a tomar gosto (às vezes mais) e depois passo por farinha e depois por ovo batido e levo a fritar em gordura bem quente.
Escorro sobre papel de cozinha e sirvo com um destes acompanhamentos: puré ou arroz branco com ervilhas.


Bom apetite!

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

O meu bolo de aniversário para 29 primaveras



Ei-lo! O tão ansiado bolo na sua mais pura simplicidade.
Decidi fazer este bolo por três razões: é o bolo que mais gostei de fazer até hoje (já o tinha feito 3 vezes antes de ter o blogue), porque sabia que iria agradar a todos e sobretudo porque o meu irmão e padrinho de baptismo simplesmente adora este bolo e já me tinha questionado quando eu o faria outra vez.
No domingo surpreendi tudo e todos com esta pequena maravilha!
Perdoem-me a presunção mas este bolo para mim foi a minha primeira obra prima, a perfeição em forma de doce e do qual eu estou muito orgulhosa!
Deixo-vos a receita e sou sincera, experimentem fazê-lo para um aniversário ou uma festa... Irão arrancar muitos suspiros garanto-vos!



Ingredientes - Bolo de 3 a 4 camadas
(Fonte: Mulher Moderna na Cozinha nº 158)

500 gr de açúcar
12 ovos
2 dl de óleo
2 dl de água morna ou à temperatura ambiente
400 gr de farinha
1 colher de sobremesa de fermento em pó
300 gr de amêndoa moída
manteiga e farinha para a forma

Recheio, cobertura e decoração

Usei curd de limão (1 frasco de compra) para as camadas interiores e creme de pasteleiro (1pacote de compra) para barrar o bolo. A capa de cima é fondant de açúcar branco. As orquídeas são naturais.


Preparação:

Ligue o forno a 180º. Unte e polvilhe duas formas redondas com 20 cm de diâmetro.
Bata as claras em castelo e reserve.
Numa taça bata as gemas com o açúcar, junte o óleo e a água e bata mais um pouco.
Peneire a farinha com o fermento e adicione ao preparado alternando com as claras em castelo e a amêndoa. 
Divida a massa pelas duas formas e leve a cozer cerca de 40-50 minutos.
Desenforme e deixe arrefecer.
Quando o bolo estiver frio, com a ajuda de um cortador próprio ou uma faca de serrilha comprida e bem afiada corte cada bolo a meio no sentido longitudinal.
Foi aqui que barrei com o curd de limão (fiz apenas 3 camadas) e por cima para o fondant agarrar barrei o bolo todo com o creme de pasteleiro.
Decorei com as orquídeas naturais.




Bom apetite e espero que tenham gostado!



quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Mesa de petiscos - as receitas finais

Tal como prometido, hoje trago-vos as receitas dos restantes petiscos que fiz para domingo passado, ficando o bolo para uma publicação única.
Além de tudo o resto que já vos mostrei, fiz ainda estes deliciosos folhados de queijo creme e salmão fumado: precisei de 1/2 embalagem de queijo creme (usei Philadelphia) que bati muito bem com 100 gr de salmão fumado (piquei previamente). Temperei com uma pitada de pimenta e salsa picada. Coloquei pequenos montinhos na parte maior dos triângulos de massa folhada (1 placa de massa estendida de compra), enrolei e pincelei com ovo batido. Forno a 220º cerca de 15 minutos.


Para finalizar, fiz estas trouxinhas (deviam ser chamuças, mas a falta de tempo e jeito deu nisto) de carne picada:

Ingredientes:

1 embalagem de massa filo
manteiga derretida q.b. para pincelar a massa
350 gr de carne picada
1 fio de azeite
1 cebola
gengibre em pó, alho em pó, colorau doce q.b., piri-piri q.b., sal e pimenta q.b.
1 colher de sobremesa de canela em pó
1 folha de louro
2 colheres de sopa de polpa de tomate
1 dl de vinho branco


Preparação:

Refogue a cebola picada no azeite até ficar translúcida. Junte a polpa de tomate, a carne e o vinho. Coloque o lume no mínimo. Tempere com as especiarias e o louro de deixe cozinhar, mexendo de vez em quando para não colar ao tacho (cerca de 15 minutos).
Entretanto pré-aqueça o forno a 220º.
Corte as folhas de massa filo em quadrados e disponha 3 folhas pinceladas. A que fica em cima não deverá levar manteiga pois é onde se coloca uma porção de carne refogada.
Fechar de modo a fazer as trouxinhas e pincelar com mais manteiga para unir bem as pontas da massa. Repetir a operação até acabar a carne e a massa.
Levar ao forno cerca de 25-30 minutos.

Bom apetite!

Aproveito para vos mostrar algumas das prendinhas que me foram oferecidas pela família e amigos :) acho que eles gostam mesmo daquilo que cozinho ;)

Livro de macarons ;)





















 Molde para
uns hambúrguers
perfeitos :)

Set
para
fazer
macarons

Moldes
para
empratar














 Livro de tartes doces!
 Forma para donuts (e bagels)


Forma de bolos
em formato de
colher de sobremesa/café
(esta andava
ansiosa por a ter!!)












Beijinhos!

terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

Brownies de chocolate de leite e gengibre para o São Valentim

Antes de mais peço desculpa aos novos seguidores e comentadores pelo enorme atraso na retribuição das visitas mas eu estico o mais que posso o tempo e sinceramente às vezes desejava que o dia tivesse não 24 mas sim 72 horas para eu poder fazer tudo... :( eu visito-vos, prometo!!
Sei que há por aí mais passatempos e BCs mas infelizmente como já disse acima, o tempo não chega para tudo... Mas eu não podia deixar de fazer este miminho para a minha querida Margarida do tachos vs panelas que nos desafiou a elaborar algo para o São Valentim... Minha querida isto hoje vai ter de ser de fugida por isso vou ser breve! Amanha finalizarei a publicação das receitas de petiscos da festa e na sexta trago a receita do bolo :)


Ingredientes (adaptado de Tablette d'Or)

170 gr de chocolate de leite de culinária em tablete
125gr de manteiga
130 gr de açúcar
50 gr de farinha
4 ovos
1 colher de sobremesa de gengibre em pó


Preparação:

Untar e polvilhar a forma. Ligar o forno a 180º.
Derreter o chocolate com a manteiga.
Numa taça bater os ovos com o açúcar, a manteiga e a farinha.
Adicionar o chocolate derretido com a manteiga e o gengibre.
Colocar na forma e levar ao forno cerca de 20 minutos ou até estar cozido.

Nota: Não fiz em forma de brownie mas sim numa forma de muffins em formato coração.

Bom apetite e amem muito para serem amados!

Mesa de petiscos - as primeiras receitas

Como já tinha dito ontem, esta semana vou trazer as novas receitas que fiz para a mesa de aniversário...
Algumas repetidas mas outras novas e são essas que vos trago a partir de hoje e durante os próximos dias...

Então da mesa constaram os sempre presentes folhados de salsicha, azeitonas, tremoços, salgadinhos, pão, batatas fritas, entre outros e bebidas.

Quanto ás receitas novas, hoje trago-vos 3 belas sugestões:

A primeira foi uns folhados de linguiça que foram feitos com uma placa de massa folhada estendida de compra rectangular e linguiça sem pele e picada no robot de cozinha. Dividi a massa em quadrados e coloquei o equivalente a uma colher de sopa de linguiça picada no centro e fechei as pontas. Pincelei com ovo batido e levei ao forno a 220º cerca de 15 minutos.


A segunda foi uma espécie de cocktail de camarão: Coloquei miolo de camarão cozido ( do mais pequeno que conseguirem arranjar) numa taça. Juntei ketchup e maionese light q.b., uma pitada de sal e pimenta branca e um pouco de salsa picada (para quem gostar). Misturei tudo até obter uma boa consistência e serviu para acompanhar com pedacinhos de pão. (é o creme que se vê com a mão da minha sobrinha a pegar na colher)


A terceira e última por hoje foi uns quadrados de massa quebrada com queijo creme e bacon: Com massa quebrada rectangular cortada em quadrados, fiz uma mistura numa taça com queijo creme (usei Philadelphia), bacon picado no robot de cozinha, salsa picada e uma pitada de pimenta. Bati tudo muito bem e coloquei pequenas porções no centro, fechei as pontas e pincelei com ovo batido antes de levar ao forno a 220º durante 15 minutos.



































Bom apetite que amanhã vem mais!

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

Massa com favas da Dona F.

Gosto muito de favas, na versão que hoje trago e nesta que já publiquei anteriormente simplesmente adoro!
Esta é uma receita que foi ensinada pela mãe da minha comadre à minha mãe e esta ensinou-me a mim... Uma passagem de gerações agora aqui para a posteridade...


Ingredientes e preparação (a olho)

Faça um refogado com cebola e azeite e quando a cebola estiver dourada, junte carne de vaca em pedaços pequenos e mexa para ganhar cor. Adicione então bacon aos pedacinhos ou chouriço às rodelas, junte as favas lavadas e cortadas, cenoura e batatas aos cubos. Tempere com sal, alho em pó, 1 folha de louro e um pouco de polpa de tomate.
Quando a carne estiver quase cozinhada, junte a massa (cotovelos ou outra, excluindo esparguete - usei oricchetti) e deixe cozer.
Sirva de imediato e bom apetite!


Quem me segue através do FB, já viu as fotos do bolo do aniversário de ontem bem como da mesa de petiscos. Durante esta semana irei publicar as receitas dos petiscos "novos" que fizeram parte do cardápio. Para já deixo-vos apenas uma amostra de cada um deles... espero que gostem!


:)


sábado, 9 de fevereiro de 2013

Chop Suey de frango com noddles

Andava com desejos incontroláveis de comida chinesa (daqueles tipo grávida) mas nem pensar em ir ao chinês aqui pela simples razão que o aspecto dos restaurantes não me inspira confiança...
Vai daí que passei no supermercado para ver que opções tinha para matar o meu desejo.. Encontrei um pouco de tudo e vim carregada para casa cheia de vontade para por mãos à obra.
Não segui receitas, mas sim o meu instinto para tentar chegar a algo parecido a comida chinesa e não me dei mal :)
O resultado foi este...


Ingredientes:

1 embalagem de noddles com ovo (250gr)
1 embalagem de mistura chinesa congelada (400 gr)
400 gr de peito de frango cortado em tiras fininhas
molho de soja q.b.
especiarias para comida asiática q.b. (ver foto)
1 cebola
1 fio de azeite


Preparação:

Num tacho coloquei água e sal. Quando estava a ferver juntei os noddles e deixei cozer 4 minutos. Findo este tempo, escorri e reservei.
Num wok, coloquei um fio de azeite e fritei o frango que temperei com uma pitada de sal até dourar. Retirei do wok e reservei. No mesmo wok coloquei mais um fio de azeite e a cebola cortada em rodelas e deixei fritar até a cebola ficar macia. Após isto, juntei a mistura chinesa, temperei com um pouco de molho de soja, as especiarias e uma pitada de sal e deixei cozer cerca de 10 minutos. De seguida juntei o frango, mexi bem e juntei os noddles. Rectifiquei os temperos e servi de imediato.



Bom apetite!

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Bolo da Kinhas

Este bolo surgiu da necessidade de acabar com os restinhos de pacotes abertos na despensa da mercearia... Tive parte da tarde livre e aproveitei para organizar as estantes e armários da comida.
Mas depois surgiu a dúvida: o que fazer com tudo isto aberto?? Ora vai que pensei em fazer um bolo e do pensamento passei à acção...
Não segui regra nenhuma, nem receita de ninguém... A criatividade surgiu assim do nada e no fim de contas o resultado foi aquilo que eu esperava: um bolo fofo e que se desfazia na boca :) uma invenção provada e aprovada por quem comeu!


Ingredientes (pesei os ingredientes para poder escrever a receita, caso saísse bem)

100 gr de açúcar amarelo
200 gr de farinha de arroz
130 gr de amêndoa moída (era palitada mas triturei até ficar em pó no robot de cozinha)
1 dl de natas (tinha a embalagem aberta no frigorífico do dia anterior)
100 gr de chocolate de culinária (1/2 tablete que derreti com a manteiga)
100 gr de manteiga derretida
1/2 colher de sopa de fermento em pó
2 bananas demasiado maduras
4 ovos
manteiga e farinha para a forma


Preparação:

Esmaguei as bananas com um garfo.
Numa taça, bati os ovos com o açúcar e depois fui adicionando os ingredientes um a um (bananas também), batendo bem entre cada adição. Juntei o fermento à farinha de arroz que peneirei antes de juntar à massa.
Nada mais simples e prático.
Depois foi só untar e polvilhar a forma e levar ao forno pré-aquecido a 180º durante 30 minutos e depois aumentei para 190º mais 10 minutos. 
Desliguei o forno, deixei arrefecer um pouco e desenformei.


Bom apetite!

terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Quiche ou tarte de fiambre de frango

As tartes tem uma versatilidade perfeita. Tanto se podem comer quentes como frias.
Para mim são o ideal para levar na marmita e é a sugestão que vos trago hoje...


Ingredientes: 

1 rolo de massa para tartes ou massa folhada com 28 cm de diâmetro 
200 gr de fiambre de frango
250 gr de queijo
1 pacote de natas
2-3 ovos
sal, pimenta e noz-moscada q.b.


Preparação:

Disponha a massa numa tarteira e pique-a.
Com a ajuda de uma tesoura, esfarrape o fiambre.
Bata os ovos com as natas, junte o queijo e o fiambre, tempere com o sal, pimenta e noz-moscada e mexa tudo muito bem.
Espalhe por cima da massa e leve ao forno pré-aquecido a 220º cerca de 30-40 minutos.

Bom apetite!

Nota: Por aqui há à venda umas bases de tarte individuais (14 cm de diâmetro , pelo que apenas fiz metade da receita que aqui apresento.


Bom apetite!