sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Risotto di Mare - Risotto com marisco

Por estes dias tenho decidido ousar um pouco mais nas receitas que apresento, às vezes é preciso dar um pouco mais de graça aos dias cinzentos e chuvosos que por cá teimam em ficar... O Outono chegou para ficar aqui pelas terras helvéticas...
Desde que comecei a apreciar risotto que ideias não me têm faltado.. e porque há uns tempos fui jantar a um restaurante aqui perto e escolhi risotto na versão que hoje trago, que decidi que tinha de tentar fazer eu mesma... Fiquei surpreendida pois ainda me soube melhor do que no restaurante :)


Ingredientes (3-4 pessoas)

500 gr de mistura de marisco congelado
1 cebola
1 fio de azeite
350 gr de risotto (arroz arbóreo)
2 dl de vinho branco
8 dl de caldo de legumes
sal e pimenta q.b.
queijo parmesão ralado q.b.
salsa picada q.b.

Preparação:

Aloure a cebola picada no azeite e junte o marisco ainda congelado. Deixe refogar cerca de 10-15 minutos em lume brando. De seguida adicione o vinho e o arroz e mexa bem. Vá juntando o caldo de legumes e tempere com o sal e a pimenta, deixando cozinhar cerca de 20-25 minutos até começar a ficar cremoso. Quando isto acontecer, junte o queijo parmesão e a salsa, envolva e sirva de imediato.



Bom apetite!




E o meu blogue recebeu o seu primeiro prémio/selo das mãos da querida Margarida (tachos vs panelas). Ora bem este selo consiste em dizer 7 coisas sobre a minha pessoa, pois vamos lá então conhecer um pouco melhor a Kinhas :)


  1. Sou Aquário (nasci a 4 de Fevereiro) e como tal aquilo que mais prezo na vida é a minha liberdade; 
  2. Amiga do meu amigo, "dou a camisola", mas não suporto traições, seja da parte de quem for. Quem me trai não merece o meu respeito nem a minha consideração;  como aquariana que sou tenho um feitio muito complicado, quem me conhece sabe disso, mas também sabe que se me levarem por bem dou tudo, mas se me levarem por mal conhecem uma Catarina muito, mas mesmo muito azeda e má.
  3. Adoro ler, ouvir música e apreciar o silêncio.
  4. Luto por tudo aquilo que quero e tudo o que consigo conquistar tem que ser fruto do meu esforço, mérito e trabalho;
  5. Amo a minha família acima de tudo na vida - amo os meus pais, irmãos/irmã, cunhado/a e sobrinhos - tenho 4 raparigas e 1 rapaz que são os filhos que ainda não tenho;
  6. Adoro a natureza e tudo o que envolve, fui nascida e criada no Porto (a minha bela cidade) mas se me derem a escolher entre a cidade ou o campo, prefiro o campo pois é onde me sinto em paz e serenidade. Na Suiça, a opção do campo manteve-se e estou a viver num meio rural;
  7. E por fim, o nome Kinhas é o "nome de guerra" que os meus irmãos me deram e que ficou até hoje... Também sou conhecida por Deca, Tarinota, Aninhas (sou Ana Catarina)... e pronto aqui estão 7 coisas sobre mim!
Quanto à parte de passar o "distintivo" a 15 blogues decidi não apenas a 15 mas a todos os blogues que sigo e que se encontram na barra lateral direita! O prémio é de todas nós e por isso mesmo, levem-no com vocês :) 

Beijinhos


quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Bolo de ameixa e leite de coco / Dicas para congelação de massas de forno

Quando tenho uma tarde livre com a qual não estou a contar, aproveito-a da melhor forma (para mim claro): enfio-me na cozinha e testo receitas novas... Podia ir passear, aproveitar a tomar um café, mas não, para isso tenho tempo ao fim de semana. Então é nestas horas vagas que ponho em prática o que descubro noutros blogues e sites de Internet.
Foi o caso deste bolo cuja ideia veio daqui e porque as ameixas abundam por cá, queria fazer algo doce para acompanhar o capuccino da tarde...


Ingredientes:

250 gr de ameixas cortadas ao pedaços
2 colheres de sopa bem cheias de manteiga
2 chávenas de chá de açúcar
3 chávenas de chá de farinha
4 ovos
250 ml de leite de coco
1 colher de sopa de fermento em pó































Preparação:

Bata muito bem os ovos com o açúcar e a manteiga derretida.
Acrescente a farinha com o fermento, o leite de coco e as ameixas e continue a bater para misturar bem.
Coloque na forma untada e polvilhada e leve ao forno pré-aquecido a 180º cerca de 1 hora.



Bom apetite!


Também gostava de deixar aqui esta pequena sugestão, pois tenho visto pela blogoesfera muitas companheiras de cozinha a dizerem que fizeram esta receita ou aquela com massa folhada, quebrada, etc, de compra porque a tinham que gastar pois estava no final do prazo.
Não é necessário andarmos com correrias para utilizarmos este tipo de massas pois podem ser congeladas. Eu própria o faço e assim, mesmo quando não tenho fresca, basta ir ao congelador, deixar descongelar e usar.
No entanto os prazos de congelação são um pouco curtos, mas aqui fica a dica para quem não sabe:

Massa folhada - congelar até 2 meses após a data de validade indicada na embalagem

Massa para tartes - igual à massa folhada

Massa quebrada doce ou salgada - igual à massa folhada

Massa para pizza - igual à massa folhada

Massa filo - congelar até 6 meses após a data de validade indicada na embalagem


Espero ter sido útil!

Beijinhos


quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Rolos de salmão em massa filo

Como já referi algumas vezes, gosto de me mimar de vez em quando... Na minha cozinha gosto de fazer um pouco de tudo (se bem que os doces tenham destaque).
Esta receita com certeza já muitas de nós a fizeram nas mais variadas versões ou até mesmo na versão original... Descobri-a por acaso mas mal a vi decidi que tinha de experimentar... e da ideia passei à acção e voilá! uma sugestão (mais ou menos) saudável e muito apetitosa...


Ingredientes (2 pessoas) original aqui

225 ml de leite
75 ml de natas
1 folhas de louro
1 dente de alho
noz-moscada q.b.
250 gr de filetes de salmão (postas também servem)
margarina q.b.
1 cebola cortada às rodelas finas
25 gr de farinha
2 ovos cozidos
1 colher de sopa de salsa picada
1 colher de sopa de mostarda
sal e pimenta q.b.
Massa filo q.b. (usei meia embalagem)





































Preparação:

Aqueça o forno a 180º.
Leve ao lume o leite, as natas,  o louro, o alho picado (se for inteiro depois tem que o retirar) e a noz-moscada.
Assim que levantar fervura, junte o peixe durante 8 minutos. Retire, deixe arrefecer, limpe de pele e espinhas e desfaça em lascas. Reserve o leite.
Numa frigideira, coloque a margarina e frite e a cebola sem ganhar cor. Junte a farinha, misture bem e vá juntando o leite aos poucos, mexendo sempre. Reduza o lume para o mínimo, deixe o molho reduzir até ficar cremoso.
Entretanto coza os ovos e pique-os. Junte-os ao molho, adicionando também a salsa, a mostarda e o peixe. Envolva bem. Retire e deixe arrefecer.
Pincele as folhas de massa filo com um pouco de manteiga (usei 2 metades para cada rolo) e coloque o recheio numa ponta e enrole. Feche as extremidades com um pouco de manteiga derretida com a ajuda do pincel. Repita a operação até terminar o recheio e a massa.
Leve ao forno num tabuleiro cerca de 20-25 minutos ou até ficar dourado. Sirva com salada.




Bom apetite!



terça-feira, 28 de agosto de 2012

Mini bolos de chocolate

Desejosa de experimentar as minhas caixinhas da More Than Cookies, tinha que escolher muito bem a receita que as ia estrear. Sentada no sofá com a pasta de arquivo ao lado onde guardo os recortes de revistas e outros que tais, folheei atentamente até descobrir "a tal"... Do meio de tanta receita, surgiu bem pequenina que quase não dava por ela, perfeita por si só e para os amantes de chocolate uma verdadeira tentação... Não vos maço mais as minhas divagações, deixo-vos a receita e acreditem, experimentem que não se vão arrepender :) porque de tantos bolos que já fiz e comi, nunca nenhuns se desfaziam na boca como estes....

Ingredientes:

160 gr de chocolate preto (não é necessário ser de culinária, mas um bom chocolate preto)
160 gr de manteiga
180 gr de açúcar (coloquei 170 gr)
4 ovos
100 gr de farinha
2 colheres de café de fermento em pó
1 pitada de sal



















Preparação:

Pré-aqueça o forno a 180º. Derreta o chocolate com a manteiga em banho-maria. Bata bem o açúcar com os ovos e junte-lhe o chocolate e continue a bater. Adicione a farinha com o fermento e o sal e envolva bem.
Distribua pelas forminhas e leve a cozer cerca de 30 minutos ou até que o palito saia seco.



Bom apetite...

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Favas à transmontana

Quando era adolescente e a minha mãe me chamava para a cozinha, eu fugia a sete pés.. Sabe-se lá porque, mas não gostava nada de ter que estar ali de volta dos tachos.... Cresci e como manda a vida, fui obrigada a tirar " a lama das unhas" e a desenrascar-me. E juntamente com o amadurecer, o meu gosto pela cozinha e tudo o que a envolve cresceu naturalmente, sem fretes ou dramas! É uma verdade que prefiro cozinhar para um monte de gente do que para mim sozinha mas,de vez em quando também gosto de saborear uma refeição bem caseira no conforto do meu lar, apenas eu e os meus pensamentos.
Foi o caso do prato que hoje vos trago em que as lembranças da minha meninice me fizeram querer matar as saudades da comida da mãe...
Pouca gente gosta de favas e eu honestamente apenas as como nesta versão e numa outra com massa, mas para quem as aprecia, deixo-vos pois então a versão da minha avó A. (que ensinou a minha mãe) na mais pura tradição transmontana...


Ingredientes:
  • Favas
  • Batatas
  • Bacon em cubos
  • Alho
  • Azeite
  • Sal


















Preparação:

Num tacho aloure os dentes de alho picados no azeite.
Junte as favas cozidas e escorridas (casca e grão) e as batatas também cozidas aos cubos. Vá misturando bem para ligar e entretanto junte os cubos de bacon. Envolva bem até obter uma espécie de pasta. Tempere com sal e sirva de imediato acompanhado por entremeada ou costeleta de porco grelhada e salada de alface.

Bom apetite!




domingo, 26 de agosto de 2012

Tarte de laranja e limão

Uma tarte que pensei: vai ser uma experiência para nunca mais repetir... enganei-me redondamente!!! O contraste de sabores tornou esta tarte tão apetecível que não conseguia parar de a comer... o lema do "foi bom enquanto durou" aplica-se na perfeição a esta delicia  :) sem dúvida uma receita a repetir não uma, nem duas mas muitas vezes!

Ingredientes:

1 rolo de massa folhada estendida de compra
2 ovos
75 gr de açúcar
1 laranja
1 limão
100 gr de crème fraîche
1 colher de sopa de açúcar em pó (opcional)



Preparação:

Pré-aqueça o forno a 220º. Estenda a massa na tarteira e pique-a com um garfo.
Entretanto faça o creme: numa taça bata os ovos e adicione o açúcar e o crème fraîche continuando a bater. Junte a raspa do limão e da laranja e 1 dl do sumo dos dois em conjunto. Misture bem e coloque na massa.
Corte pequenos pedaços da laranja e distribua pela tarte.
Leve ao forno por cerca de 35-40 minutos ou até a tarte estar cozida.
Depois de fria polvilhe com o açúcar em pó. (não polvilhei)

Bom apetite!



Adaptado de: Migros Magazin nº 14 April 2012


sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Tiramisu de framboesas

Como referi no post anterior, esta semana tirei umas mini - férias forçadas da cozinha :( por isso a sugestão que hoje vos trago foi saboreada a semana passada numa tarde livre que tive.
Tiramisu é um doce que aprecio muito e desta vez este viajou até casa do meu irmão para lancharmos (!) depois de um belo passeio junto ao lago. Segundo os críticos que o ajudaram a comer ficou ainda melhor do que o tiramisu simples pois as framboesas cortaram o doce... Isto é só miminhos para a família que faço com o maior gosto :)
Mas cá vai a receita:



Ingredientes:

4 ovos
60 gr de açúcar (50+10)
250 gr queijo mascarpone
150 gr de palitos la reine
1,5 dl de café forte
4 colheres de chá de rum
250 gr de framboesas (usei congeladas)



Preparação:

Bata as gemas com 50 gr de açúcar. Junte o queijo mascarpone e continue a bater. Bata as claras em castelo firme e junte-lhe pouco a pouco 10 gr de açúcar e adicione ao creme de queijo suavemente. Divida em duas partes o preparado. Mergulhe rapidamente os palitos la reine no café ao qual juntou o rum. Numa travessa disponha metade do creme, coloque os palitos molhados e de seguida espalhe as framboesas esmagadas ás quais juntou umas gotas do café com que molhou os biscoitos. Cubra com o restante creme e vai ao congelador 30 minutos. Com a ajuda da peneira polvilhe com chocolate e canela em pó.

Bom apetite!


quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Clafoutis de alperces

Mais um convite para jantar em casa de amigos e sem muito tempo para fazer a sobremesa, decidi usar uns alperces que tinha comprado no dia anterior como base. Bastou ir fazer uma pesquisa ao mundo dos blogues e encontrei aqui o que faltava para completar a ideia :)



Ingredientes:

12 a 14 alperces
4 ovos
110 gr de açúcar
1 pacote de açúcar baunilhado (13gr)
100 gr de farinha
250 ml de leite
3 colheres de sopa de amêndoa laminada
25 gr de manteiga
1 pitada de sal



Preparação:

Pré-aqueça o forno a 180º. Derreta a manteiga e deixe arrefecer. Lave e seque os alperces, cortando-os ao meio e retire o caroço.
Bata os ovos, adicione os açúcares, o sal, a farinha, a manteiga e o leite. Mexa tudo muito bem. Num pirex ou tabuleiro fundo, coloque as metades de alperce com o interior virado para baixo e polvilhe com a amêndoa. Coloque a massa por cima e leve ao forno até estar cozido fazendo o teste do palito (a mim demorou a cozer cerca de 40-45 minutos).

Bom apetite!


segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Queques de coco e chocolate

Uns queques para acompanhar o café... Uma visita de um casal amigo (S. e T.) que era para ser curta, mas que se prolongou por horas... Uma amizade para a vida, é uma dádiva ter amigos assim...


Ingredientes (adaptado daqui)

100 gr de manteiga
200 gr de açúcar
300 gr de farinha
1 colher de chá de fermento em pó
2 dl de leite
raspa e sumo de 1 laranja
10 claras de ovo
2 colheres de sopa de chocolate em pó
2 colheres de sopa de coco ralado
pepitas de chocolate q.b.



















Preparação:

Bata as claras em castelo e reserve.
Misture a manteiga derretida com o açúcar. Junte o leite, a farinha com o fermento, a raspa e sumo da laranja, o chocolate em pó e o coco ralado. Misture tudo muito bem e de seguida envolva as claras. Por fim junte as pepitas de chocolate à massa. Distribua por fominhas e leve ao forno pré-aquecido a 180º. Faça o teste do palito para verificar se estão cozidos. (Esqueci-me de controlar o tempo que demoraram a cozer).

Bom apetite!



domingo, 19 de agosto de 2012

Pudim de bolacha e um passeio em família

O pudim que hoje vos trago viajou cerca de 250km.. Juntamente com o meu irmão, cunhada e sobrinhas fomos visitar ontem uma prima e os tios. Já não os víamos há muito tempo pelo que decidimos fazer a surpresa de os ir visitar... Perdoem-me a franqueza mas o pudim ficou tal e qual como eu esperava que ficasse: bonito e delicioso! Os críticos do costume elogiaram-no e eu senti-me agradecida por o pudim ter sido apreciado e devorado por todos...
Mais uma vez tenho que agradecer à minha amiga J. pela fabulosa receita que me foi ensinada quando ainda andávamos juntas na escola...

Também aproveitamos para passear pela vila onde a prima vive e com grande surpresa encontramos uma exposição de arte contemporânea ao ar livre, que não resisti a partilhar com vocês algumas imagens para mais tarde recordar, mas primeiro cá vai a receita!



Ingredientes:

2 pacotes de pudim "El Mandarin" (pudim do chinês)
1 pacote e meio de bolacha Maria ou Torrada
6 ovos
1 chávena de chá de açúcar
1 litro de leite
caramelo q.b. para untar a forma


















Preparação:

Num tacho bastante fundo (de preferência uma panela) coloca-se o leite, as gemas, o açúcar, os pacotes do pudim e mexe-se com o batedor de varas. Bata as claras em castelo e leve o tacho ao lume com as claras lá dentro. Vá misturando para não ganhar grumos nem colar ao fundo. Parta as bolachas em quatro ao lado.
Quando ferver, coloque as bolachas e mexa até engrossar (fogão a gás ou eléctrico - 8 minutos +/-; vitrocerâmica ou indução - 4 minutos +/-). Retire o tacho do lume.
Unte com o caramelo uma forma grande com ou sem buraco e coloque o preparado nesta. Deixe arrefecer e coloque no frigorífico até ficar muito frio (de preferência uma noite). Desenforme no momento de servir.

Bom apetite!

E agora algumas imagens de Bad Ragaz e da exposição...






















Espero que tenham gostado... :)

quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Iogurtes de Oreo

Mais uma vez a iogurteira entrou ao serviço e desta vez foi com bolachas Oreo (mais uma vez inspirei-me na minha querida Erva Doce e Canela). Ficaram melhores do que eu estava à espera mas ainda assim para já das tentativas realizadas com bolachas, continuo a preferir com bolacha Maria.
Ora cá vai a receita:



Ingredientes:

1 litro de leite gordo
1 iogurte natural
12 bolachas Oreo



Preparação:

Na picadora ou robô de cozinha triture as bolachas.
Leve ao lume um tacho com o leite e junte as bolachas trituradas até desfazerem. Retire do lume e junte o iogurte. Com a ajuda da varinha mágica triture tudo muito bem.
Distribua pelos copos da iogurteira, tape os copos e deixe a iogurteira ligada 8 a 10 horas (de preferência durante a noite). Ao fim deste tempo coloque os iogurtes no frigorífico pelo menos 6 horas.



Nota: o tempo de cozedura dos iogurtes depende do modelo de iogurteira que possuam, pelo que sigam as instruções do fabricante. / O meu modelo de iogurteira não necessita de leite em pó, mas se necessário coloquem 1 medida (copo de iogurte) de leite em pó.

Bom apetite!

quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Sobremesa de Verão

Desde que vi estas tacinhas blogue da Lenita (Tentações sobre a Mesa) que me ficaram na ideia para as mais variadas receitas.. No domingo tive um casal amigo cá a almoçar e a urgência de se fazer uma sobremesa rápida mas boa era o objectivo principal. E com poucos ingredientes saiu uma sobremesa vistosa ao olhar mas muito boa no paladar... Ora cá vai ela:


Ingredientes (a olho)

massa filo
manteiga derretida para pincelar
natas
açúcar
açúcar baunilhado
fruta fresca (usei uvas brancas)



Preparação:

Cortei a massa filo em quadrados e com a ajuda de umas formas para queques invertidas, dispus 3 quadrados de massa pincelados com manteiga, sobrepostos em forma transversal uns dos outros.
Levei ao forno pré-aquecido a cozer a 180º cerca de 10 minutos. Retirei e deixei arrefecer antes de desenformar.
Entretanto bati as natas com os açúcares e quando as caixinhas estavam frias enchi-as. Cortei os bagos das uvas ao meio, retirei as grainhas e dispus à volta como se vê na imagem. Levei ao frigorífico até ao momento de servir.

Bom apetite!

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Frango estufado à moda da minha Avó A.

Uma receita que passou de sogra para nora e agora de mãe para filha... Gosto muito de frango mas estufado só o como mesmo desta maneira... Foi o almoço de domingo cá por casa... Uma receita muito antiga e obrigada Avó A., estejas tu onde estiveres...



Ingredientes (a olho)

Frango caseiro com pele
Cebola
Alho
Azeite
Água q.b.
Louro
Sal q.b.
Salsa picada q.b.



Preparação:

Num tacho largo leve a alourar a cebola picada e os alhos picados também no azeite até esta ficar dourada. Junte o frango e mexa-o para ficar com uma tonalidade dourada também. De seguida junte um pouco de água apenas para não queimar e tempere com o sal e o louro. Deixe estufar com o tacho tapado em lume bastante brando para cozinhar lentamente, evaporando a água e criando um molho como se vê na foto. Quando estiver cozinhado (o meu levou cerca de 1hora) junte a salsa picada e sirva acompanhado de preferência com batatas cozidas e salada.

Bom apetite!

sábado, 11 de agosto de 2012

Empadão de arroz

Tenho andado exausta com o trabalho e sem ainda ter recuperado as horas de descanso suficientes mas a precisar de uma boa refeição, pesquisei o congelador e sem pensar duas vezes tirei o arroz congelado e uma carne picada e inspirei-me na receita da Ana Cláudia na Cozinha. Fiz algumas alterações à receita original, o resultado foi um prato diferente mas muito saboroso.
Simples e que podemos fazer com aproveitamentos de tudo, inclusive do arroz.


Ingredientes (4 pessoas)

250 gr de carne picada
1 tomate
1 cebola
1 folha de louro
1 pitada de sal, cominhos, noz-moscada e alho em pó
1 fio de azeite
1 lata de cogumelos
300 gr de arroz cozido
queijo ralado q.b.



Preparação:

Num tacho, coloque a fritar a carne no azeite e junte o tomate partido aos pedaços, bem como a cebola picada e os cogumelos. Junte a folha de louro e tempere com o sal, cominhos, noz-moscada e alho em pó.
Deixe cozinhar um pouco, mexendo para não colar.
Entretanto num pirex disponha metade do arroz e por cima coloque queijo ralado. Coloque então a mistura da carne e o restante arroz. Polvilhe com mais queijo ralado e leve a gratinar ao forno até o queijo derreter e  dourar.

Bom apetite!