sábado, 16 de julho de 2016

Bolo de cacau com cobertura de chocolate preto (light)


Recentemente comemorei as minhas bodas de algodão do meu casamento civil. Cá em casa as datas mais importantes são sempre celebradas com doces saudáveis (ou não, conforme a importância).


Como calhou a um dia de semana e logo no meu dia mais preenchido, optei por uma receita simples, saudável q.b. mas acima de tudo que fosse deliciosa.


Quando estava a preparar a massa, senti subitamente um receio que fosse tudo para deitar ao lixo, dado que a massa fica um pouco liquida, mas assim que tirei o bolo pronto do forno, esse receio dissipou-se.


Foi (quase) imediatamente aprovado pelo esquisito do meu marido (ainda não o consegui convencer com a alimentação que faço). Para verem que estava tão bom, que no dia seguinte quando fui até à cozinha tinha o prato vazio para lavar...

Deste modo, encerro esta cozinha por 3 semanas pois a Kinhas vai de férias! Vou num pé e volto noutro, aguardem o meu regresso, volto já já!! Por agora é tempo de matar saudades da família, do meu país e de tudo o que gosto em Portugal! Até breve!!


Ingredientes:

2 ovos 
¼ de cup (medida) de óleo de coco 
1 cup de água a ferver
2 colheres de sopa cheia de cacau em pó 100%
6 colheres de sopa de açúcar amarelo ou mascavado
½ cup de farinha de arroz (talvez um pouco mais)
½ cup de amido de milho (maizena) (talvez um pouco mais)
1 colher de sobremesa de fermento em pó
100 gr de chocolate Lindt Noir Excellence Framboise Intense (ou qualquer outro que gostar com mínimo 70% cacau)


Preparação:

Unte e polvilhe uma forma pequena de bolo inglês (ou forre com papel vegetal). Pré-aqueça o forno a 200º.
Numa taça bata as claras em castelo e reserve.
Noutra taça, bata as gemas com o cacau e o óleo de coco.
Junte as farinhas e vá adicionando a água a pouco e pouco, mexendo sempre até obter uma massa lisa e algo densa (não muito!) Adicione o fermento em pó e por fim as claras batidas que reservou.
Coloque a massa na forma e leve ao forno até o palito sair seco (20-40 minutos).
Desenforme e deixe arrefecer sobre uma grelha.
Para a cobertura, derreta o chocolate com 1 fio de óleo de coco em banho maria ou no micro-ondas e cubra o bolo antes de servir.


Bom apetite!

quarta-feira, 13 de julho de 2016

Pãezinhos de rosmaninho


Outro dia, numa das tardes em que fico em casa com a princesa, decidi por ordem nas milhares de receitas que tinha e tenho guardadas em pastas de arquivo.
Recortes de todo o tipo de publicações, algumas que já experimentei em tempos e fazem parte do blogue, outras que estavam marcadas e esquecidas e outras que nem lhe tinha posto os olhos devidamente mas que estavam ali por alguma razão.
Os pãezinhos que hoje trago eram uma dessas milhares de receitas, perdidas e esquecidas mas que em boa hora a encontrei.


Andava sem ideias para pães novos. É complicado agradar o meu palato, agora tão apurado, com receitas que me satisfaçam logo pela manha. Por isso decidi experimentar a receita que hoje vos trago, para ver se ainda me conseguia surpreender... e consegui.
Ficaram óptimos e foi difícil conseguir comer só um.


Ingredientes (cerca de 12 unidades)

270 gr de farinha de centeio
15 gr de fermento padeiro fresco ou 1 saqueta de fermento de padeiro seco (fermipan)
3,2 dl de água morna (se usarem a MFP deverá ser fria)
2 colheres de sopa de rosmaninho seco
10 gr de sal fino
230 gr de farinha de trigo espelta
3 colheres de sopa de azeite


Preparação:

Tradicional:

Numa taça coloque a farinha de centeio e faça um buraco no meio. Dissolva o fermento em 1 dl de água e coloque no buraco que abriu na farinha. Misture e deixe repousar 30 minutos.
Ao fim deste tempo, adicione a farinha de trigo espelta, o rosmaninho, o sal, a restante àgua e o azeite. Misture tudo muito bem até obter uma massa elástica. Tape e deixe levedar num local morno cerca de 1 hora.
Ligue o forno a 200º. Forme um rolo e corte a massa em 12 pedaços. Forme 12 pãezinhos sob forma comprida. Coloque-os num tabuleiro forrado com papel vegetal e com a ajuda de uma faca, faça um pequeno golpe de uma ponta à outra. Pincele com água e leve ao forno cerca de 35 minutos. Retire e deixe arrefecer.



MFP:

Coloque na cuba por esta ordem os ingredientes:
água, fermento dissolvido ou o fermipan, sal, rosmaninho, azeite e por fim as farinhas.
Programe Amassar e Levedar. Quando pronta, retire da cuba.
Ligue o forno a 200º. Forme um rolo e corte a massa em 12 pedaços. Forme 12 pãezinhos sob forma comprida. Coloque-os num tabuleiro forrado com papel vegetal e com a ajuda de uma faca, faça um pequeno golpe de uma ponta à outra. Pincele com água e leve ao forno cerca de 35 minutos. Retire e deixe arrefecer.

Bom apetite!

Adaptado de: Migros Magazine - TerraSuisse nr. 25 16/06/2014

domingo, 10 de julho de 2016

Bolo de fubá e arroz light


Quando vi esta receita e a decidi fazer quase de imediato, pensei que seria um tiro no escuro.
Mas não! Com algumas alterações para o pôr ao meu gosto, fiquei agradavelmente surpreendida pela textura e sabor desta pequena maravilha.


A lista da receitas to do a.s.a.p. cresce vertiginosamente, e esta fez parte dela e será com certeza a repetir! Um bolo simples mas perfeito para todas as ocasiões e ninguém diz que é saudável!


Ingredientes:

3 ovos
1/2 cup de farinha fubá (usei fubá de milho)
3 colheres sopa oleo de coco
1 cup farinha de arroz
250 ml de leite magro
3 colheres de sopa açucar puro de cana (amarelo)
1colher de sopa de fermento em pó
2 maças (1 para juntar à massa e a outra cortada em gomos finos para colocar sobre a massa antes de ir ao forno)
1 colher chá erva doce
1 colher chá canela


Preparação:

Com a ajuda do liquidificador, coloque todos os ingredientes excepto a maça em gomos.
Triture bem até obter uma massa liquida e homogénea.
Unte e polvilhe uma forma e despeje a massa.
Disponha a maça reservada e leve ao forno pré-aquecido a 200º cerca de 35-45 minutos (convém vigiar). Faça o teste do palito e se este sair seco está pronto.
Desenforme morno.



Bom apetite!


Adaptado de: Projecto eu caí na real

quinta-feira, 7 de julho de 2016

Panquecas de queijo cottage e trigo espelta


Eu e o queijo cottage (no modo natural deste) não ligamos. O cheiro faz-me logo perder a vontade de comer seja o que for.


Mas dado as suas maravilhosas propriedades proteicas, uma vez de vez em quando lá compro 1-2 embalagens das pequeninas para tentar usar de modo disfarçado.


Numa das páginas que sigo, vi umas lindas e perfeitas panquecas! Tão belas que fui logo ver a receita e voilá: levavam cottage. Depois da desilusão inicial quando vi a lista de ingredientes, pensei: não devem ser tão más quanto o cheiro abominável do queijo.


Decidida a testar, fi-las e surpresa das surpresas: deliciosas, sem cheiro nem sabor esquisitos e fofas tal como uma nuvem!
Para os mais cépticos, talvez seja difícil de quererem experimentar estas beldades, mas vou tentar convencer-vos!


Ingredientes:

4 ovos
4 colheres de sopa de farinha de trigo espelta
1 colher de sopa de adoçante
1 pitada de sal
230 gr de queijo cottage



Preparação:

Colocar os ingredientes numa taça e com a ajuda da varinha mágica, misturar tudo muito bem.
Colocar porções da massa numa frigideira anti-aderente e deixar cozinhar até fazer bolhas. Virar a panqueca e deixar cozinhar 1 minuto mais. Repetir a operação até terminar a massa.


 Bom apetite:

Adaptado de: Lucília Diniz